Home Cidades 81 mil ainda não fizeram biometria

81 mil ainda não fizeram biometria

Três cidades da região têm prazo até 6 de maio; movimento no cartório de Nova Odessa é metade do esperado
by Rogério Verzignasse

O movimento de eleitores que comparecem aos cartórios eleitorais para a revisão dos dados cadastrais e coleta da biometria tem decepcionado chefes dos cartórios. Três cidades da região – Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa e Hortolândia – têm prazo, até dia 6 de maio para cumprir a obrigação. Mas cerca de 81 mil eleitores ainda não compareceram.
De acordo com Rodrigo Fernandes Gonçalves, chefe do cartório eleitoral de Nova Odessa, o prazo original de cadastramento terminou em dezembro, mas foi estendido por determinação da própria Justiça Eleitoral. Mesmo assim, o problema continua.
Nova Odessa tem 12.815 eleitores que ainda não fizeram a biometria. Gonçalves estima que, para cumprir a meta até maio, 130 eleitores devem comparecer ao cartório a cada dia. Mas não aparece nem metade disso.
“O velho hábito do brasileiro, de deixar tudo para a última hora, se repete, diz. “Foi assim quando terminou o prazo original. No último dia (do primeiro prazo), tivemos de atender 480 eleitores. Foi uma loucura”, afirma.
Mas Gonçalves alerta. Não vai haver nova prorrogação e, por determinação da Justiça Eleitoral, não vai haver qualquer reforço de pessoal nos cartórios para atender quem deixar para os últimos dias. Em Nova Odessa funcionam cinco guichês de atendimento.
A situação em Santa Bárbara não é muito diferente. Até agora, 28.766 dos 143.663 eleitores da cidade não fizeram a biometria. O cartório eleitoral local conta com 14 funcionários.
O chefe interino do cartório, Diógenes Helvécio Santana, prefere ser mais otimista. “É um sistema com agendamento antecipado. A presença do eleitor no cartório não leva mais de dez minutos. Eu tenho fé que o pessoal não vá esperar pelo fim do prazo”, disse.
A reportagem procurou o cartório eleitoral de Hortolândia, mas nenhum dos funcionários se dizia autorizado a comentar o assunto. O responsável pelo cartório não estava quando a reportagem entrou em contato.
Quem ainda não agendou sua biometria pode marcar horário www.tre-sp.jus.br/eleitor/agendamento.

 

Sem título, sem problemas

Os eleitores que não compareceram para a revisão dos seus dados cadastrais e coleta da biometria nos 479 municípios paulistas onde o procedimento é obrigatório devem regularizar sua situação eleitoral até o dia 6 maio para votarem nas eleições municipais, sob risco do cancelamento do título eleitoral.
Sem o título, o cidadão não consegue emitir passaporte nem carteira de identidade. Se tiver função ou emprego público, fica sem receber o salário. Empréstimos em bancos públicos também não podem ser efetivados, assim como as matrículas em instituições públicas de ensino.
Mesmo para eleitores de cidades onde a biometria ainda não é obrigatória – como Americana e Sumaré – recomenda-se que o cidadão se adiante e faça o cadastramento das digitais, evitando depois a formação de filas quando foi instituída a obrigatoriedade.
| RV

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This