Home Cidades Aluna de escola do Estado em Campinas morre de Covid-19

Aluna de escola do Estado em Campinas morre de Covid-19

Ana Clara Macedo dos Santos, de 13 anos, faleceu na quarta-feira; caso será investigado pela Prefeitura
by Pedro Heiderich
Faleceu na quarta-feira (24) Ana Clara Macedo dos Santos, de 13 anos, aluna da Escola Estadual Rachel de Queiroz, no Jardim Yeda, em Campinas, de coronavírus. A informação foi confirmada pela diretoria da regional de Campinas da Apeosp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo).
Em nota, a Seduc-SP (Secretaria da Educação do Estado de São Paulo) diz seguir os protocolos de saúde e afirma que não há caso confirmado de coronavírus na unidade. “Sobre o motivo da morte da estudante, a Secretaria ressalta que cabe à unidade de saúde local informar a causa. Toda a equipe escolar e alunos estão abalados com o fato e o Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar foi acionado para dar apoio. A escola permanecerá fechada amanhã, mantendo as aulas pelo Centro de Mídias”.
A Prefeitura de Campinas investiga o caso. Segundo o Setec (Serviços Técnicos Gerais) de Campinas, Ana Clara foi velada no Parque Nossa Senhora da Conceição e cremada no Crematório Municipal.
A vereadora Guida Calixto (PT) solicitou no mesmo dia a suspensão das aulas da rede estadual na cidade. “Preocupada com a notícia da morte dessa aluna Ana Clara Macedo dos Santos, que aponta um possível cenário trágico, solicito que o Ministério Público suspenda o retorno presencial às escolas até que se tenha a segurança da efetividade dos protocolos sanitários”, disse.
POSIÇÃO
A reportagem questionou o Ministério Público do Estado de São Paulo, que ainda não se pronunciou. A Seduc-SP confirmou casos na Escola Estadual Jardim Marisa, no Campo Belo, que teve as aulas suspensas presencialmente para desinfecção. Foi a primeira escola estadual de Campinas a ter aulas suspensas. A Prefeitura de Campinas adiou a volta das aulas presenciais da rede municipal para abril.
Confira, na íntegra, suposta mensagem da direção da escola que circula em grupos do Facebook – a Seduc-SP foi questionada da veracidade da nota, mas não comentou esta questão. “É com pesar que venho, por meio deste, informar o falecimento da aluna Ana Clara Macedo dos Santos, do 8° Ano B, em decorrência de complicações da Covid-19. Neste momento, estamos de luto”.
AMERICANA E
REGIÃO
Em novo balanço, a Apeosp de Americana denunciou ainda que foram confirmados dois dos três casos suspeitos de professores da Luzia Baruque, em Santa Bárbara, relatados durante a semana, e um caso suspeito de Covid de professora na Maria do Carmo Augusti, em Americana.
Em nota, a Seduc confirmou casos na Baruque e disse que não há casos na Augusti. Nesta quinta (25), foi registrado, confirmado por sindicato e governo, o primeiro caso de uma aluna com coronavírus na região, na João Solidário Pedroso, no São Manoel, em Americana. Envolvendo professores e contando casos suspeitos, são 18 nas contas da Apeoesp, sendo 15 confirmados pela Seduc-SP.

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This