Home Cidades Americana tem 164 consultas ao dia

Americana tem 164 consultas ao dia

Após retomada do agendamento no dia 1º de setembro, em meio a polêmica, foram 1.809 consultas até dia 11
by Pedro Heiderich

De 1° de setembro, quando a prefeitura iniciou a retomada de agendamento de consultas eletivas na rede municipal, até o dia 11, as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de Americana realizaram 1.809 consultas médicas. A informação é da prefeitura. Em média, são 164 consultas por dia no período.

A reportagem questionou em quantas e em quais UBSs foram realizadas as consultas, mas o Executivo não informou. Também foi perguntado se já há um próximo passo para promover o atendimento médico de forma gradativa.

A prefeitura informou que segundo a Unidade de Atenção à Saúde, todas as unidades mantiveram o agendamento das consultas, sendo que os atendimentos estão seguindo os protocolos da OMS (Organização Mundial de Saúde), Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde. “Os protocolos foram adaptados conforme a situação epidemiológica local”, informou.

No início da pandemia, a prefeitura publicou decreto em 23 de março determinando restrição de atendimento em UBS para grupo de risco (gestantes) e aos casos que indicassem potencial infecção, além de cancelar as consultas agendadas para atendimento do Núcleo de Especialidades e nas unidades, além de suspender novos agendamentos.

No dia 1° deste mês, a Unidade de Atenção à Saúde reforçou junto às equipes das UBSs a reorganização das agendas para consultas eletivas na rede municipal. Na ocasião, a prefeitura, acusada de manter os postos de saúde fechados durante a pandemia, negou que as unidades estiveram fechadas em algum momento.

Segundo a administração, os postos de saúde tiveram durante a quarentena ações de vacinação, atendimento médico e renovação de receitas. Especialidades, como oncologia, também não pararam, segundo a prefeitura, que reiniciou o agendamento no dia 1º.

O objetivo, diz a prefeitura, é promover o atendimento médico de forma gradativa, evitando aglomerações e o risco de contaminação pelo coronavírus.

As consultas médicas e com enfermeiros estão sendo agendadas com intervalos de 30 minutos, segundo a prefeitura. Os pacientes estão sendo orientados sobre o horário agendado, para chegarem à consulta com 15 minutos de antecedência. Além disso, o uso de máscara é obrigatório e somente um acompanhante poderá entrar no consultório.

As consultas odontológicas seguem as mesmas orientações.

No início do mês, o secretário de Saúde de Americana, Gleberson Miano, confirmou que os atendimentos nos postos de saúde, apesar de reduzidos devido à pandemia para proteger as pessoas, seguiram durante a quarentena.

“Americana não ficou de braços cruzados, tanto que não cancelou vários atendimentos, por exemplo cardiologia, oncologia e psiquiatria, entre outros”, afirmou Gleberson, que citou o número de atendimentos em algumas unidades.

Segundo ele, em agosto foram atendidos 200 pacientes oncológicos. Foram, disse, cerca de 200 atendimentos no Mathiensen, 275 na Praia Azul, 304 no Parque Gramado, 242 no Jardim São Paulo, 300 no Núcleo de Especialidades, além de 568 consultas de ginecologia.

Em maio, explicou o secretário, foi iniciado um monitoramento de pacientes com doenças crônicas, que tiveram receitas atualizadas e, quando necessário, encaminhados para médicos nas unidades de saúde. Ele lembrou que a pandemia não acabou e a secretaria vai ampliar gradualmente o atendimento, com segurança.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This