Home Cidades Ao menos 95 escolas já têm aula presencial na região

Ao menos 95 escolas já têm aula presencial na região

São 52 estaduais e 43 particulares que já retomaram as aulas
by Pedro Heiderich

Pelo menos 95 escolas retomaram aulas presenciais na região. Conforme apurado pela reportagem, até quarta-feira (4), 52 das 144 escolas estaduais optaram pela volta, e pelo menos 43 escolas particulares, apenas de Americana, Hortolândia e Santa Bárbara. 

O governo do Estado permitiu a retomada das aulas da rede estadual e da rede privada desde 7 de outubro, deixando a decisão da rede municipal para cada prefeitura. 

Na região, Americana, Hortolândia, Nova Odessa e Sumaré já descartaram a volta das aulas presenciais da rede municipal neste ano. Santa Bárbara ainda não oficializou e diz que segue analisando, mas deve seguir a região e manter as aulas remotas. 

Na rede privada, as prefeituras de Hortolândia e Sumaré permitiram a volta desde 14 de setembro. Nova Odessa e Santa Bárbara desde 7 de outubro. Porém, Nova Odessa vetou a retomada presencial do ensino infantil, tanto da rede estadual quanto da privada. Segundo decreto de quarta-feira (4), ambas podem voltar a partir de amanhã. 

A Prefeitura de Americana decidiu em decreto em 29 de setembro que as aulas das redes estaduais e privadas só poderiam voltar a partir de 3 de novembro, com aprovação de 35% dos pais e alunos. 

Pais e alunos de todas as 40 escolas estaduais de Americana rejeitaram a volta às aulas presenciais neste ano letivo, como revelado com exclusividade pelo TODODIA. As pesquisas foram concluídas na quinta-feira (29), segundo o diretor regional de ensino da região, professor Haroldo Ramos Teixeira. 

O diretor informou à reportagem o retorno de 13 escolas estaduais de Santa Bárbara dentre 34, equivalente a mais de um terço, 38%, e duas de seis de Nova Odessa, um terço (33%). 

O governo do Estado informou que voltaram aulas presenciais 14 das 26 escolas estaduais de Hortolândia (54%) e 23 das 36 de Sumaré (64%). 

A reportagem questionou Teixeira e o Estado durante a semana, mas segundo ambos, não houve atualização no número de escolas que retomaram as atividades in loco. 

As administrações municipais seguem protocolos sanitários baseados no Plano São Paulo do governo do Estado. Nas redes privadas, a educação infantil e os anos iniciais do Ensino Fundamental podem ter até 35% dos alunos por dia em atividades presenciais. Para os anos finais dos ensinos Fundamental e Médio, o limite máximo é de 20%. 

NÚMEROS 

Segundo as prefeituras de Americana, Hortolândia e Santa Bárbara, voltaram as aulas presenciais no município, respectivamente, 16, 16 e 11 escolas particulares. As prefeituras de Nova Odessa e Sumaré não souberam informar. 

‘DEVAGAR E COM CAUTELA’ 

O diretor regional de ensino da região, professor Haroldo Ramos Teixeira, afirmou que a retomada está acontecendo de forma gradual. 

“Estamos bem devagar, com muita cautela, dentro das normas e protocolos”, disse. Por enquanto, as aulas são de reforço e recuperação com foco em aulas de português e matemática. 

A Diretoria Regional de Ensino de Americana informou que voltaram as aulas presenciais na terça-feira (3) cinco escolas de Santa Bárbara. 

São elas Professor Antonio Matarazzo (Cândido Bertini), Professora Romana de Oliveira Salles Cunha (Jardim das Laranjeiras), Monsenhor Henrique Nicopelli (Jardim Pérola), Professora Sonia Aparecida Bataglia Cardoso (Jardim Pérola) e Professor Odair de Oliveira Segamarchi (Vista Alegre). 

Já haviam retomado as aulas presenciais as escolas Professora Maria de Lourdes Beozzo Franchi, Professora Elisabeth Steagall Pirtouscheg (ambos no Mollon); Professora Benedicta Aranha de Oliveira Lino (31 de Março), Professora Maria Guilhermina Lopes Fagundes (Vila Linópolis), Professora Luzia Baruque Kirche (Roberto Romano), Professor Jorge Calil Assad Sallum (Residencial Furlan), Professor Dirceu Dias Carneiro (Santa Rita de Cássia) e Coronel Luiz Alves (Vila Siqueira Campos). 

Em Nova Odessa, voltaram as escolas Professor Joaquim Rodrigues Azenha, no São Manoel, e Professora Silvania Aparecida Santos, no Santa Luzia. 

O governo do Estado não informou o nome das escolas estaduais de Hortolândia e Sumaré, que pertencem à outra diretoria de ensino regional. 

Das escolas particulares, as prefeituras de Hortolândia e Santa Bárbara não citaram quais escolas retomaram. O Executivo de Americana informou. São elas Senac, Ondinha Azul, Bi-bilíngue, Liceu Coração de Jesus, Colégio Moraes, Colégio Cristão Único, Ilimit Kids, Universitário Kids, Meu Cantinho, Americana Kids, Alladdin, Giz de Cera, Primavera, Algodão Doce e Ninho. 

Ainda segundo a secretaria, além dessas, “uma unidade escolar solicitou a reabertura e ainda não apresentou a pesquisa”. 

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This