Home CulturaCinema Após prêmios de sindicatos, Oscar está embolado entre ‘Roma’ e ‘Green Book’

Após prêmios de sindicatos, Oscar está embolado entre ‘Roma’ e ‘Green Book’

Nas casas de aposta, o mexicano “Roma” é quem aparece como favorito
by Folhapress
Premiação dos melhores do cinema

Com a recente vitória de ‘Roma’, de Alfonso Cuarón, no prêmio concedido pelo Sindicato dos Diretores, o longa mexicano larga como o favorito na categoria de direção no Oscar e aumenta alguns pontos suas chances de levar a principal estatueta da noite.
Entre os prêmios das categorias profissionais mais importantes, o do Sindicato dos Diretores era o último que faltava. Ele se soma às honrarias concedidas pelo Sindicato dos Atores e pelo Sindicato dos Produtores, já anunciados.
A importância dessas premiações é que elas permitem fazer algumas suposições sobre como será a próxima cerimônia do Oscar, marcada para a noite de 24 de fevereiro.
Como boa parte dos membros da Academia também integram esses sindicatos, muitas vezes os resultados coincidem, daí ser comum ouvir o jargão de que eles são o “melhor termômetro do Oscar”.
No último dia 27, quem anunciou seus laureados foi o Sindicato dos Atores. Ali, venceram Glenn Close (melhor atriz, por “A Esposa”), Rami Malek (melhor ator, por “Bohemian Rhapsody”), Mahershala Ali (ator coadjuvante, por “Green Book”) e Emily Blunt (atriz coadjuvante, por “Um Lugar Silencioso”).
Com isso, todos, à exceção de Blunt, despontam como favoritos a se consagrarem na noite de 24 de fevereiro. A intérprete de “Um Lugar Silencioso” não foi indicada ao Oscar, então está fora do páreo.
Vale dizer que o Sindicato dos Atores também inclui uma categoria, ausente no Oscar, que é a de melhor elenco. O prêmio foi para o filme de super-herói “Pantera Negra”. É um bom sinal para o longa da Marvel dirigido por Ryan Coogler.
Como os atores também votam no Oscar de melhor filme, a obra viu suas chances de vitória crescerem. Só que há o favoritismo de “Green Book” a bater. A dramédia dirigida por Peter Farrelly foi escolhida como o melhor longa pelo Sindicato dos Produtores, em prêmio concedido no último dia 19. E os produtores também integram, é claro, a Academia.
Nas casas de aposta, o mexicano “Roma” é quem aparece como favorito. A disputa segue embolada.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This