Home Destaque Badminton: seleção inicia pré-temporada em Americana

Badminton: seleção inicia pré-temporada em Americana

Nove dos 20 melhores atletas do Brasil da modalidade já se apresentaram para treinamento na cidade
by CT Press

A seleção brasileira permanente de badminton iniciou quinta-feira (9), no centro de treinamentos da modalidade, localizado na Praça de Esportes Sebastião Barreira, em Americana, a pré-temporada para as competições de 2020. Nove dos 20 melhores aletas do país se apresentaram ao técnico português Marco Vasconcelos – outros cinco chegam na cidade até amanhã.

Os demais integram o time já na Panam Cup, que acontece em fevereiro, em Salvador (BA). Vasconcelos traz a expectativa para a temporada. “A gente entra com bastante motivação, entrega. É um ano muito importante, temos vários atletas tentando a classificação para as Olimpíadas. Em 2019, tivemos resultados de excelência já treinando aqui em Americana e estamos trabalhando por um futuro melhor para a modalidade”, salientou.

O treinador português destacou a renovação pela qual a modalidade passa no país. “É uma seleção bastante jovem, temos a Juliana Viana, por exemplo, com apenas 14 anos e muito potencial. Quem não for agora estamos formando para os ciclos dos Jogos de 2024 e 2028. Isso é muito bom para nós”, ressaltou. “Esse tipo de renovação é muito importante, pois, não deixa que os atletas já consolidados na modalidade se acomodem. Como dizemos em Portugal, o pessoal mais jovem vem beliscando a posição dos outros. Isso é muito interessante para o técnico que está a frente do time”, completou Vasconcelos.

O superintendente da CBBd (Confederação Brasileira de Badminton), José Roberto Santini Campos, fala sobre a disputa por vagas nos Jogos de Tóquio. “O Ygor Coelho, campeão pan-americano que está treinando na Dinamarca e só se junta a nós em Salvador, está praticamente garantido na simples e estamos em busca do melhor ranqueamento por conta do chaveamento em Tóquio”, apontou. “Na simples feminino, vejo a Fabiana Silva com boas possibilidades de estar entre as 36 da corrida olímpica, que é um ranking específico para os Jogos de Tóquio. Nas outras disciplinas, vejo com maior chance a vaga para a dupla mista formada pela Jaqueline Lima e o Fabrício Farias”, acrescentou.

O dirigente fala da parceria com Americana. “A seleção permanente dá aos atletas de alto rendimento uma condição de treinos que os clubes ainda não possuem. Americana tem boa estrutura, o ginásio é exclusivo para o badminton, usamos da forma que precisamos e eles estão bem acomodados, morando em apartamentos que locamos aqui na cidade”, disse.

LEGADO

Como legado da parceria entre município e CBBd, a Secretaria de Esportes de Americana espera formar atletas e que a cidade passe a ser uma referência da modalidade no país, conforme explica o diretor de Esportes, Ricardo Hetzl. “A ideia é massificar a modalidade em todo o município, buscar potenciais atletas nas escolas municipais e estaduais e trazê-los para conhecer o esporte e praticá-lo nas escolinhas de formação”, ressaltou. As escolinhas de badminton da Prefeitura de Americana, coordenadas pelo técnico Rodrigo Pizzi, serão retomadas em fevereiro, com aulas às terças e quintas-feiras, a partir das 14h, para atletas até 16 anos; e segundas, quartas e sextas-feiras, às 11h30, para competidotes acima dos 16 anos.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This