PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ensaios de blocos de rua agitam final de semana em polos do Carnaval

Uma dezena de blocos de rua aproveitou para afinar os instrumentos e colocar na ponta da língua dos foliões as músicas que vão tomar conta dos desfiles oficiais

O fim de semana foi de esquenta para o Carnaval em São Paulo. Uma dezena de blocos de rua aproveitou o dia de muito calor para afinar os instrumentos e colocar no ponta da língua dos foliões as músicas que vão tomar conta dos desfiles oficiais.

PUBLICIDADE

Uma das agremiações foi a Espetacular Charanga do França, bloco de Santa Cecília (região central). O grupo, composto por uma dezena de instrumentistas, escolheu a tarde deste domingo (13) o Escadão Marielle Franco, em Pinheiros (zona oeste), como ponto de partida para o primeiro ensaio do ano antes da folia.

O ensaio aberto atraiu uma centena de foliões e terminou na praça Benedito Calixto, também na zona oeste. A festança deu um aperitivo do que serão as fantasias usadas nos dias de Carnaval.

PUBLICIDADE

As meninas foram às ruas com adereços na cabeça, com muita maquiagem no rosto e glitter espalhado pelo corpo. Já os meninos foram mais comedidos: a maioria preferiu desfilar apenas sem camiseta.

RIO, RECIFE, OLINDA E SALVADOR

PUBLICIDADE

Outros polos do Carnaval no país também registraram muita gente fantasiada na rua neste domingo. No Rio, o bloco Toca Rauul, que entoa músicas de Raul Seixas com pegada de fanfarra, saiu em cortejo no parque das Figueiras, na Lagoa. As escolas Mangueira e São Clemente também fazem um samba na quadra desta última, no centro do Rio, a partir das 17h. Os ingressos custam a partir de R$ 30.

Em Pernambuco, a folia no Recife e em Olinda (PE) costuma começar logo após a virada do ano. Neste final de semana, os festejos aconteceram neste domingo em Olinda, com o ensaio da Pitombeira dos Quatro Cantos, uma das troças carnavalescas mais tradicionais, fundada em 1947, com cortejo que percorreu as ladeiras históricas da cidade.

A folia em Salvador (BA) começa só na próxima quinta-feira (17), com a tradicional Lavagem do Bonfim, na qual centenas de milhares de pessoas participam de cortejo de oito quilômetros entre a Igreja da Conceição da Praia e a Basílica do Bonfim. De caráter religioso, a festa tem seu lado pagão: grupos de fanfarra e bandas de percussão se apresentam durante o trajeto.

No dia 02 de fevereiro, a festa é no Rio Vermelho. Desde a madrugada, devotos e adeptos do candomblé vão até a praia para homenagear Iemanjá, orixá considerada a rainha dos mares. Durante todo o dia, bandas e grupos folclóricos apresentam-se nas ruas do mais boêmio dos bairros de Salvador.

O pré-Carnaval oficial de Salvador acontece nos dias 23 e 24 de fevereiro, sábado e domingo da semana anterior à festa, este ano marcada para 5 de maio.

 

 

 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This