PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Medida provisória libera R$ 4 bi para Santas Casas do país

O presidente Michel Temer assinou  uma medida provisória que vai liberar cerca de R$ 4 bilhões em linha de crédito para as Santas Casas.
Os recursos virão do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e serão liberados pelo Banco do Brasil, Caixa e BNDES.
De acordo com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, o texto assinado por Temer libera 5% do FGTS para as instituições de saúde. Com orçamento de R$ 83 bilhões previsto para este ano, a estimativa é de que esses recursos fiquem em torno de R$ 4 bilhões.
Occhi explica que, para que o dinheiro chegue às Santas Casas é preciso uma aprovação do Conselho Curador do FGTS. As instituições terão prazo de dez anos para pagamento do empréstimo, que será concedido a uma taxa de juros em torno de 8,66% ao ano. Segundo ele, esse é um patamar que representa quase a metade das taxas cobradas pelos bancos privados.
O dinheiro poderá ser aplicado para diversas atividades como custeio, pagamento de fornecedores, investimentos, aquisição de equipamentos e também para abatimento e renegociação de dívidas.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This