PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ricardo Boechat fez palestra de manhã em Campinas

Na volta do evento para São Paulo, o helicóptero em que ele estava sofreu a queda e explodiu; A mulher do jornalista, Veruska Boechat, disse que ‘ele queria almoçar em casa’

Ricardo Boechat esteve em Campinas na manhã desta segunda-feira, antes de morrer no acidente de helicóptero que vitimou também o piloto da aeronave, Ronaldo Quattrucci.

PUBLICIDADE

Ele participou da convenção de vendas da empresa farmacêutica Libbs, realizada no centro de eventos do The Royal Palm Plaza, em um “talk show” com o presidente da companhia por volta das 10h.

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest
Boechat no talk show com o presidente da empresa farmacêutica hoje de manhã em Campinas. Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE

Assim que acabou sua participação no evento, que fez parte da oitava convenção da empresa farmacêutica, Boechat deixou Campinas de helicóptero. O destino era o heliponto da Band, em São Paulo.

A diretoria da Libbs quando soube da morte do apresentador da Band cancelou toda a programação da convenção na parte da tarde e noite, quando haveria um show.

PUBLICIDADE

A informação do cancelamento foi confirmada pelo setor de eventos do The Royal Palm Plaza após contato da reportagem do TODODIA.

A reportagem também entrou em contato com a diretoria de Libbs e com sua assessoria de imprensa, para confirmar a informação de que a aeronave teria sido fretada pelos organizadores do evento. Não houve retorno até a publicação desta matéria.

ALMOÇO EM CASA

Segundo a jornalista Veruska Boechat, mulher do apresentador, ele voltou de helicóptero de Campinas porque “queria almoçar em casa”, disse em entrevista a TV Globo.

A Band soube que o seu colaborador estava no helicóptero logo depois que ele caiu, mas decidiu que não divulgaria a informação até que a família fosse avisada.

Coube ao diretor de jornalismo da emissora, Fernando Mitre, a tarefa de contar para Veruska, que também trabalha na Band, sobre a morte do marido.

Boechat era casado com Veruska desde 2005, com quem tinha duas filhas: Valentina, 12, e Catarina, 10. O jornalista tem outros quatro filhos do casamento com Claudia Costa de Andrade: Bia, 40, Rafael, 38, Paula, 36, e Patricia, 29.

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest
Boechat e a mulher, Veruska, com as filhas Catarina e Valentina. Foto: Reprodução/Facebook

 

O jornalista trabalhava atualmente no Grupo Bandeirantes de Comunicação, apresentando dois programas diários, A Notícia com Ricardo Boechat, um matinal na rádio BandNews FM, e o Jornal da Band à noite, na TV Bandeirantes. Ele tinha também uma coluna na revista semanal Istoé.

Por ironia do destino, na manhã desta segunda, antes de se deslocar para Campinas, Boechat falou em seu programa matinal no rádio sobre a sucessão de tragédias no país, como Brumadinho, e no Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro.

ACIDENTE

Boechat viajou no helicóptero, Bell Helicopter PT HPG. Por volta das 12h14 (horário em que o Corpo de Bombeiros e a Concessionária CCR Rodoanel foram avisadas do acidente), a aeronave caiu e explodiu no Km7 do acesso a Rodovia Anhanguera para o Rodoanel, em São Paulo, próximo do pedágio, sentido Castelo Branco.

Segundo o Corpo de Bombeiros, Boechat e Quattrucci, que deixa dois filhos, morreram na hora. Os corpos ficaram carbonizados.

Antes de cair na pista e explodir, o helicóptero, que estava com toda a documentação e manutenção em dia, bateu em um caminhão que vinha em direção contrária e que teve a frente completamente destruída.

O motorista da carreta ficou ferido e foi socorrido por viaturas da CCR. Não há informações sobre seu estado de saúde.

De acordo com o Bombeiros, 11 viaturas e mais um helicóptero Águia participaram do combate às chamas e do atendimento ao acidente. O fogo foi extinto por volta de 13 horas e vários pedaços da aeronava ficaram espalhados pela pista.

O caso está sendo apresentado ao 46º Distrito Policial (Perus) e os corpos foram levados ao Núcleo de Antropologia do IML (Instituto Médico Legal) Centro.

Foram feitas interdições parciais nas pistas do Rodoanel sentido Perus e da Anhanguera sentido Jundiaí.

A concessionária CCR Rodoanel, que administra o trecho oeste do Rodoanel, informa que os motoristas têm como opção acessar a Anhanguera sentido São Paulo e pegar um retorno no quilômetro 18 para seguir sentido Jundiaí.

REPERCUSSÃO

Pelas redes sociais, jornalistas, políticos e celebridades lamentaram a morte de Boechat, assim como o presidente Jair Bolsonaro. A maior parte das referências lembrou o estilo crítico e firme do jornalista.

 

Com informações da Folhapress

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This