Home Gourmet Cardápio para aumentar sua energia e combater o desânimo

Cardápio para aumentar sua energia e combater o desânimo

A quarentena imposta pela pandemia do novo coronavírus já passou dos três meses, e a essa altura, já estamos todos cansados, física e emocionalmente.
by Gisele

A quarentena imposta pela pandemia do novo coronavírus já passou dos três meses, e a essa altura, já estamos todos cansados, física e emocionalmente.
A relação entre o confinamento e as doenças mentais é comprovada cietificamente. Um estudo publicado pela revista britânica “The Lancet” no começo da pandemia, em março, sobre os efeitos psicológicos da quarentena, mostrou que 29% das pessoas apresentaram sintomas de estresse pós-traumático, enquanto 31% tiveram depressão depois do isolamento.
Aqui no Brasil, um levantamento feito com 4.693 pessoas pela área de Inteligência de Mercado do Grupo Abril, em parceria com a MindMiners, em abril, mostrou que 54% dos cidadãos estavam extremamente preocupados com a situação da Covid-19. Destes, 47% dos entrevistados afirmaram sentir dificuldade para relaxar e 23% disseram que não conseguem dormir bem.
Insônia, prostração, medo, ansiedade, irritabilidade, cansaço extremo, déficit de atenção, claustrofobia, TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) são alguns dos sintomas emocionais sofridos por quem enfrenta um isolamento forçado.
A escolha dos alimentos que comemos pode interferir no nosso estado emocional. E a escolha correta desses alimentos pode ajudar diretamente a dar um “up” na disposição para enfrentar os próximos dias dessa pandemia, que ninguém sabe quando vai acabar.
A pedido do Clube Gourmet, a nutricionista Daniela Kokol montou um cardápio para aumentar a energia e combater o desânimo. “Os carboidratos são as principais fontes de energia. Dão a sensação de bem-estar e alegria. Alimentos fontes de carboidratos são batata, pão, doces, arroz, frutas”, comenta.

Confira o cardápio completo:
  • Café da manhã
    – Café ou chá estimulante (chá verde
    ou branco)
    – ovo 1 unidade ou 1 fatia de queijo branco
    – pão integral 1 fatia ou 6 bolachas de arroz
  • Lanche da manhã
    – 1 fatia de melão
    – 200 ml de água de coco
    – maca peruana 1 colher sopa (estimulante
    e energética)
  • Almoço
    – salada de folhas 1 prato de sobremesa
    – abóbora cabotiá 1 pires
    – carne ou frango ou peixe 1 filé
    – arroz integral ou 2 colheres de sopa
    batata doce
  • Lanche da tarde
    – smothie de mamã
    • Receita:
    – 60g mamão
    – 150 ml de iogurte desnatado
    – 1 colher chá chia
    – suco de ½ limão
    – 1 colher chá gengibre ralado
    Bater tudo no liquidificador e tomar em seguida
  • Jantar
    – salada de folhas 1 prato de sobremesa
    – peixe 1 filé
    – batata doce com alecrim 3 rodelas
    – brócolis 1 pires
  • Ceia
    – Chá calmante
    – castanha do pará 2 unidades
Santo chá

Estresse e insônia podem ser combatidos de forma natural, com o velho e bom chá.
Daniela Kokol indica valeriana, erva-cidreira, melissa, mulungu, camomila, maracujá e hortelã. “Normalmente, estas plantas medicinais ajudam mais facilmente a tratar a insônia quando utilizadas diariamente, de preferência cerca de 1 hora antes de deitar, para que o corpo relaxe e entre em sono profundo”, orienta.
O preparo é simples: colocar a água para ferver numa panela de inox e apagar o fogo quando as primeiras bolinhas de ar começarem a subir. Adicionar as folhas, flores ou raízes da planta medicinal nesta água e deixar descansar devidamente tampado de 5 a 10 minutos. Após este tempo de espera, é preciso coar para que o chá não fique amargo.
Para cada 200ml, colocar 1 colher de sopa do chá (ervas).
Daniela também compartilhou duas receitas de chás para combater estresse, insônia e para dormir melhor:

  • Receita de chá calmante
    300 ml de água, 1 fatia de abacaxi,
    1 colher chá cúrcuma, 1 colher sopa mulungu, 1 colher sopa melissa
  • Receita de chá anti estresse
    300 ml de água, 1 colher sopa erva cidreira, 1 colher sopa hortelã, 1 colher sopa lascas de gengibre

 

Top gourmand

Desde o início da quarentena, lá se foram três meses. Esse período de desafios pessoais e profissionais trazem muitas incertezas, e é natural que deixemos o cansaço nos vencer alguns dias. Com as preocupações, vêm o estresse, a insônia e o descuido com a atividade física e a alimentação. Pensando em contribuir com os leitores que estão enfrentando algum tipo de distúrbio emocional nesse momento, pedimos à nutricionista Daniela Kokol para indicar o melhor cardápio para restaurar nossas energias, afinal, precisamos delas para seguirmos firmes no enfrentamento à pandemia. Aproveitem as dicas e fiquem bem.

Cris Pisoni
Coordenadora do Clube Gourmet

Receitas | Daniela Kokol

 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This