Home Cidades Casa Hermann Müller é tombada em Americana

Casa Hermann Müller é tombada em Americana

Em decreto publicado no Diário Oficial, prefeito Omar Najar aprova parecer de tombamento do prédio histórico
by Pedro Heiderich

O prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), aprovou parecer de tombamento do prédio da Casa Hermann Müller. A informação foi publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira (20), em decreto assinado na quinta-feira (15) por Omar. O local está fechado temporariamente para visitação há alguns anos. 

Conforme o decreto, Omar considerou que “compete a ele promover a proteção do patrimônio histórico-cultural local e do meio ambiente” e tratar da “proteção e preservação do patrimônio histórico e cultural do Município”. 

Em 23 de setembro, em reunião, o Condepham (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Cultural de Americana), “à vista de tudo o que se contém nos autos do Processo Administrativo de Tombamento de 2007, aprovou por unanimidade e emitiu parecer favorável ao tombamento do prédio da Casa de Cultura Hermann Müller”. 

O prefeito considerou ainda “que é manifesto o interesse público na preservação do prédio da Casa de Cultura Hermann Müller, dado o valor histórico, cultural, arquitetônico e turístico para a comunidade americanense”, decretando o tombamento da Casa de Cultura, que fica no Carioba. 

Ainda segundo o decreto, o Condepham fica autorizado a “inscrever no Livro do Tombo competente o bem tombado na forma do artigo anterior, para os devidos e legais efeitos”. 

A Secretaria de Planejamento se encarregará de promover a anotação de tombamento no cadastro do imóvel, bem como providenciar as averbações no Registro de Imóveis. 

“O bem tombado fica sujeito às normas de proteção e conservação previstas nos artigos 17 a 32 da Lei nº 3.787, de 25 de março de 2003, e de outras normas que venham a ampliá-las, substituí-las ou modificá-las”, encerra o decreto. 

A reportagem pediu mais detalhes para a Prefeitura, que informou que a Secretaria de Cultura está levantando informações sobre as próximas medidas a serem tomadas na Casa Hermann Müller.  

A CASA  

Segundo o site da Prefeitura de Americana, a Família Müller adquiriu a Fábrica de Tecidos Carioba em 1901 e iniciou a ampliação da Vila Operária e as casas patronais. Idealizado pelo seu proprietário, Hermann Müller, o prédio foi construído em 1909 em estilo ítalo-germânico e possui 53 cômodos distribuídos em cinco pavimentos. 

No Bairro Carioba está localizado o primeiro asfalto do Brasil. Foi desapropriada em 1983 e, no ano de 2001, passou a abrigar a Casa de Cultura Hermann Müller, local destinado às manifestações artísticas da cidade, entre elas exposições, palestras, shows musicais e pesquisas históricas. 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This