Home Cidades Casos de dengue despencam no 1º semestre na região

Casos de dengue despencam no 1º semestre na região

Em Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara foram 2.197 registros, contra 9.197 no mesmo período de 2019
by Pedro Heiderich

Os casos de dengue despencaram na região entre 2019 e 2020, na comparação dos primeiros semestres de cada ano. Nenhuma morte foi registrada em Americana, Santa Bárbara d’Oeste e Nova Odessa. As prefeituras de Hortolândia e Sumaré não informaram os números. 

Somando as três cidades, foram 2.197 casos no primeiro semestre deste ano, contra 9.197 no mesmo período no ano passado. A redução foi de 76,2%. 

Americana teve 4.519 casos de dengue de janeiro a junho de 2019 e 1.064 no mesmo período deste ano. Uma queda de 76,5% 

Levantamento feito pela Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, aponta que Nova Odessa fechou o primeiro semestre com 312 casos de dengue. O número é 65,7% menor que o registrado nos primeiros seis meses de 2019, quando foram notificados 909 casos positivos. 

A redução foi ainda maior em Santa Bárbara d’Oeste, que teve 3.769 casos no primeiro semestre de 2019 e 821 no mesmo período deste ano, redução de 78,3%. 

A Prefeitura de Hortolândia disse esta semana que ainda não havia conseguido levantar todas as informações, “pois a Secretaria de Saúde está focada na pandemia do Coronavírus”. 

A Prefeitura de Sumaré também disse que ainda está levantando os dados. “Devido a instabilidades no sistema de dados, as informações solicitadas pela reportagem ainda estão sendo coletadas”, informou em nota. 

Uma das razões para a redução é que como a região passou por anos com explosão no número de casos, um número maior de pessoas está hoje imune. Americana viveu uma epidemia da doença entre 2014 e 2015, com mais de 16 mil registros e quatro mortes no período. 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This