Home Cidades Casos de dengue têm alta e autoridades temem nova epidemia

Casos de dengue têm alta e autoridades temem nova epidemia

Notificações mais que dobram na região em janeiro deste ano e confirmações registram aumento de 55%
by Claudete Campos

Cinco municípios da região confirmaram que há risco de epidemia de dengue neste ano, em virtude da introdução do sorotipo 2. Já há um aumento de 55% nos casos confirmados da doença em Americana, Hortolândia, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré em janeiro deste ano em relação ao primeiro mês do ano passado. 

Foram registrados 70 casos positivos em janeiro de 2020 ante 45 no mesmo mês do ano passado nas cinco cidades. Juntas, quatro delas (Americana, Hortolândia, Nova Odessa e Sumaré) registraram aumento de 188,5% nas notificações. O número saltou de 122 casos suspeitos em 2019 para 352, em janeiro deste ano. Santa Bárbara não informou esses dados. 

A Secretaria de Saúde barbarense informa que não descarta epidemia neste ano, mesmo que a última medição, feita em janeiro, tenha apresentado índice de Breteau – que mede a infestação dos mosquitos nas residências – de 0.4 (até 1 a situação é tolerável). 

Segundo a Vigilância em Saúde de Americana, não há como prever se haverá uma nova epidemia, como as registradas em anos recentes. 

“No entanto, a história mostra que sempre quando surge um novo subtipo do vírus em determinada região, a transmissão acontece em grandes proporções em anos consecutivos” explicou a Vigilância. 

O diretor de Saúde Coletiva de Hortolândia, Antônio Roberto Stivalle, confirma essa tendência. “As epidemias de dengue são cíclicas. Como existem quatro sorotipos diferentes, sem imunidade cruzada, a pessoa pode ter dengue quatro vezes. Nossa região já apresentou, em 2019, um aumento de casos em relação a 2018, e pode apresentar um grande aumento neste ano, em função da introdução do sorotipo 2 e, também, por causa das chuvas e altas temperaturas, condições propícias para reprodução do Aedes aegypti”, explicou. 

“Por isso, é fundamental a colaboração da população no controle do mosquito, evitando que ele se reproduza. Só assim evitaremos uma epidemia de grandes proporções”, completou o diretor. 

CASOS 

Em Americana, o número de notificações saltou de 39 para 42, mas o número de confirmações caiu de 17 para quatro. Em Nova Odessa, os casos suspeitos saltaram de um, ano passado, para sete, neste ano, e os confirmados de um, em janeiro de 2019, para três, em janeiro de 2020, informou o Setor de Zoonoses da Vigilância em Saúde. 

O número de notificações em Hortolândia pulou de 35 em janeiro do ano passado para 148, neste ano, e os casos positivos mais que dobraram: de sete para 18. 

Em Sumaré, o número de casos notificados saltou de 49, em janeiro de 2019, para 155 em 2020 e os confirmados, de quatro para 45. Em Sumaré, as regiões central e do Matão são as que mais apresentam casos. 

CONSCIENTIZAR AINDA É A MELHOR SAÍDA  

A conscientização ainda é a melhor arma contra a dengue, ainda mais neste início de ano. 

“Esse é um momento crucial para o município. Nessa época, chove muito, a água fica acumulada e faz muito calor, criando as condições ideais para a procriação do mosquito. Por isso, precisamos da colaboração de toda população de Nova Odessa, procurando e eliminando toda e qualquer possibilidade de criadouro”, diz o secretário de Saúde, Vanderlei Cocato. 

Os municípios realizam visitas de casa em casa, para eliminação de possíveis criadouros do mosquito – objetos que podem acumular água parada. 

Fazem também bloqueios, com aplicação de larvicida nas vasilhas, além de visitas em pontos estratégicos, como empresas, borracharias e lojas de sucatas. 

Americana intensificou os trabalhos com a contratação da empresa Simeprag do Brasil, que reforçará as ações da equipe do PMCD (Programa Municipal de Combate à Dengue). Os profissionais passaram por treinamento e vão a campo a partir da semana que vem. A empresa deverá visitar 40 mil imóveis. 

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This