Home Cidades Cemitérios vão abrir na 2ª na Região

Cemitérios vão abrir na 2ª na Região

Prefeituras decidem permitir visitação no feriado, mas com a adoção de protocolos de segurança e higiene
by Claudete Campos

Os cemitérios da Região vão abrir normalmente no feriado de Finados, segunda-feira que vem, 2 de novembro, mas com adoção de protocolos sanitários, para evitar o contágio do novo coronavírus. As prefeituras de Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa e Sumaré confirmaram a abertura normal. O Cemitério Parque de Hortolândia, que é particular, também confirmou o funcionamento, mas com adoção de medidas de segurança. A expectativa é que o número de visitantes seja menor neste ano, segundo as prefeituras.

A Prefeitura de Americana informou que não serão adotadas restrições às visitas nos cemitérios da cidade, Saudade e Parque Gramado, desde que sejam respeitados os protocolos de segurança. A Guarda Municipal de Americana vai fiscalizar os dois cemitérios para evitar aglomerações e manter a segurança.

Nos anos anteriores, cada cemitério recebia uma média de 3 mil visitantes no fim de semana de Finados, mas neste ano a expectativa da prefeitura é que o número seja menor, em razão da pandemia.

Em Santa Bárbara, a Secretaria de Meio Ambiente informou que os cemitérios municipais da Ressurreição (Central) e da Paz (Cabreúva) funcionarão normalmente, nos dias 1º e 2 de novembro, das 7h às 17h.

Em ambos os locais serão instalados totens de álcool gel. A secretaria recomenda ainda que não haja aglomeração durante as visitas e a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Em virtude da pandemia, a estimativa de público nos três dias (31 de outubro a 2 de novembro) é de 5 mil pessoas em ambos os locais.

Em Sumaré, a Prefeitura manterá os mesmos protocolos sanitários de distanciamento, para evitar aglomeração. O funcionamento ocorrerá entre 8h e 17h, com ações de orientação, pela Fiscalização Municipal, que atuará em conjunto com equipes das secretarias de Serviços Públicos, Obras, Saúde/Vigilância Sanitária e Defesa Civil.

Será disponibilizado álcool em gel na entrada do Cemitério da Saudade, além da obrigatoriedade do uso de máscara, nos dois dias, domingo (1º) e segunda (2). A prefeitura recomenda que não devem comparecer ao cemitério pessoas com doenças crônicas e com sintomas da Covid-19. Também ocorrerão ações de orientação de combate à dengue. Segundo a prefeitura, é aguardado bom movimento em ambos os dias, porém a previsão é que na segunda haja mais público em relação ao domingo. A prefeitura não informou a estimativa do número de visitantes.

NOVA ODESSA

Em caráter experimental, o Cemitério Municipal de Nova Odessa vai funcionar das 7h às 18h em 2 de novembro, Dia de Finados. Depois de seis meses com os portões fechados, o local foi reaberto em 25 de setembro e fica aberto à visitação de segunda a sexta, das 7h ao meio-dia.

De acordo com a Vigilância Sanitária, o acesso ao espaço só será permitido com uso de máscara. Além disso, os visitantes deverão seguir regras de distanciamento e evitar aglomerações.

O Cemitério Parque de Hortolândia informou que o funcionamento será durante o dia todo no Finados. Os frequentadores terão que usar máscara e usar álcool em gel para higienizar as mãos. Haverá controle do número de pessoas no cemitério. Ainda haverá medição de temperatura na entrada.

Para evitar aglomerações nos locais, Dioceses proíbem missas

As Dioceses de Limeira e Piracicaba e a Arquidiocese de Campinas estão proibindo a realização de missas nos cemitérios, para evitar aglomerações, que continuam proibidas no Estado em razão da pandemia do novo coronavírus.

As medidas anunciadas nesta segunda-feira (26) impactam as Paróquias de Americana e Nova Odessa, que fazem parte da Diocese de Limeira, de Santa Bárbara d’Oeste, subordinadas à Diocese de Piracicaba, e de Sumaré e Hortolândia, abrangidas pela Arquidiocese.

Em comunicado à imprensa, o bispo diocesano de Limeira, Dom José Roberto Fortes Palau, informou que enviou comunicado aos padres da Diocese, na sexta-feira (23), orientando-os que as missas de Finados serão celebradas em toda Diocese apenas nas paróquias, não havendo missas nos cemitérios.

“A orientação acontece em virtude do momento de pandemia, que ainda estamos vivenciando e para evitar aglomerações”, disse o bispo. Outra orientação do bispo é que sejam oferecidos horários de missas ao longo do dia nas igrejas, que estão adaptadas para receber os fiéis e seguir os protocolos de higienização e distanciamento estabelecidos pelas autoridades sanitárias municipais.

O padre Johnny Artur dos Santos, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, do bairro Antônio Zanaga, em Americana, que é o Vigário Forâneo da região, informou que as paróquias de Americana já haviam acertado que as missas ocorreriam apenas nas igrejas.

“A decisão da não realização de missas nos cemitérios deve-se ao fato que não é possível mensurar a participação dos fiéis nos respectivos cemitérios, nem manter o distanciamento social, a higienização das mãos e o uso de máscara facial”, explicou padre Johnny.

Em comum acordo com o bispo de Limeira, no dia 21 de outubro os padres de Americana decidiram manter a missa dos fiéis defuntos nas paróquias, onde é possível manter o distanciamento social.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This