Quinta, 27 Janeiro 2022

Comércio na região espera vender até 15% mais no Dia das Crianças

CidadesEconomia

Comércio na região espera vender até 15% mais no Dia das Crianças

Associações comerciais em Americana, Santa Bárbara d'Oeste e Nova Odessa estão otimistas; lojistas terão horário especial  

COMÉRCIO | Dia das Crianças anima lojistas na região (Foto: Arquivo/ TodoDia Imagem)

Sem grandes lançamentos no mercado de brinquedos e jogos, e mesmo diante do aumento no preço dos produtos, parte dos lojistas da região espera um crescimento de aproximadamente 15% nas vendas para o Dia das Crianças em relação ao mesmo período do ano passado. A previsão é das associações comerciais de Nova Odessa e Santa Bárbara d'Oeste.

Americana também espera por um crescimento nas vendas, tanto em comparação a 2019 quanto ao ano passado, mas aguarda levantamento realizado pela Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo) para divulgar o percentual estimado.

"A expectativa é de aumento de vendas, considerando que o comércio estará aberto em sua totalidade, sem restrições de horário e capacidade, diferentemente do ano passado", comenta o presidente da Acia (Associação Comercial de Americana), Wagner Armbruster.

Para atrair consumidores ao Centro e aos corredores comerciais dos bairros, os lojistas apostam em passeios gratuitos oferecidos em um trenzinho, que passa por diferentes regiões da cidade.

O presidente da Acisb (Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d'Oeste), João Batista de Paula Rodrigues, diz que os comerciantes esperam, ao menos, atingir os mesmos índices de vendas de 2019. "Em Santa Bárbara os lojistas, de maneira geral, aguardam por um aumento entre 10% e 15% em relação ao ano passado. A expectativa é que as vendas ao menos voltem ao patamar de 2019, antes da pandemia".

Para impulsionar as vendas, a associação vai sortear cinco celulares e cinco bicicletas entre os consumidores que comprarem no comércio até o dia 11.

Para Silvana Conz, da Acino (Associação Comercial de Nova Odessa), o comércio ainda está se aquecendo conforme avança a vacinação e relaxamento das regras de isolamento. A associação tem apostado na campanha que vai sortear uma bicicleta e R$ 200 em vouchers de compra para atrair os consumidores. "Além da campanha estamos contando com os comerciantes para que intensifiquem as vendas com vitrines mais atraentes e descontos", afirma.

AUMENTO DE PREÇOS
O empresário Ozanine Mario Rosineli, dono de uma loja de brinquedos em Americana, acredita que haverá sim aumento nas vendas em relação a 2020, mas de até 3%. Ele justifica a estimativa com base no impacto da pandemia e da alta do dólar, que definem o momento pelo qual o mercado de brinquedos atravessa.

"Entre 2019 e 2021 houve um aumento nos preços dos brinquedos, então esperamos que aumente 1%, 2% ou, no máximo, 3%", afirma.

Ele lembra que a falta de lançamentos de novos produtos este ano, o que afeta o interesse pela compra, somado ao valor do dólar comercial e o ao preço do aluguel de containers para importação têm desestimulado empresários do setor. "A importação de brinquedos, assim como a de outros produtos, está muito difícil."

De acordo com a Abrinq (Associação dos Fabricantes de Brinquedos ), a queda nas importações chega a 49% em relação a 2019.

Para ele, os itens mais procurados serão skates, por conta dos bons resultados de brasileiros nas Olimpíadas de Tóquio, jogos de entretenimento, na maioria tabuleiros - que possibilitem diversão sem sair de casa - além dos clássicos bolas, bicicletas e bonecas. 

Comércio na região terá horário ampliado
Em Americana, o horário de funcionamento do comércio no próximo sábado (9) será estendido, das 9h às 18h. Na segunda-feira (11), os estabelecimentos cumprem horário normal de atendimento, também das 9h às 18h.

Segundo a Acia, no feriado do dia 12 (terça-feira), em geral, o comércio deve permanecer fechado. No entanto, é comum que lojas de brinquedos, moda infantil e magazines abram as portas. Os demais estabelecimentos que desejarem permanecer também podem abrir desde que cumpram a legislação municipal e as regras trabalhistas.

Em Nova Odessa, as lojas abrem no sábado entre 9h e 15h, e em horário comercial normal na segunda.

Em Santa Bárbara, na sexta-feira (8) o comércio fica aberto até às 22h. No sábado, as lojas fecham às 18h, mesmo horário da segunda. No feriado os estabelecimentos ficarão fechados.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 27 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/