PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DAE amplia capacidade de abastecimento em 16,6%

Omar entrega reforma de decantadores nas estações de tratamento

O prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), entregou ontem à tarde a reforma no sistema de abastecimento de água nas ETAs (Estações de Tratamento de Água) 1 e 2. Os quatro decantadores das estações (que desempenham papel fundamental no processo de clarificação da água) passaram por reformas e atualização técnica desde janeiro, com investimentos de R$ 2,8 milhões. 

PUBLICIDADE

Com as obras, o DAE consegue ampliar em até 16,6% a capacidade de tratamento e distribuição de água, segundo o diretor geral do DAE (Departamento de Água e Esgoto), Carlos Cesar Gimenez Zappia. 

“Com o novo sistema de abastecimento, haverá melhoria no processo de clarificação do tratamento de água, aumento da capacidade e na distribuição de água, passando dos atuais 900 litros de água tratada por segundo para 1050 litros por segundo (16,6%), além de gerar economia no processo de tratamento, uma vez que o novo equipamento não exige o número de limpezas de área que o filtro necessitava. De três limpezas por dia, teremos agora apenas uma, representando uma diminuição de 4,5 milhões de litros de água para 1,5 milhões de litros gastos diariamente”, explicou o diretor. 

PUBLICIDADE

A última reforma nos decantadores data de 1971, segundo o responsável pela ETA, Roberval Lima. “Tivemos a felicidade de contar com o prefeito Omar Najar, que esteve aqui no início da gestão e ficou inconformado de ver a situação tão crítica que se encontrava. Ele se empenhou e hoje entrega esta obra tão eficiente”, disse.

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest
COM PLACA | Omar e o diretor do DAE na inauguração

PUBLICIDADE

O DAE distribui cerca de 80 milhões de litros de água por dia e, com a reforma dos decantadores, a ETA passou a gerar mais 2 milhões de litros de água diariamente – o que poderá elevar a distribuição diária para até 90 milhões. 

“Fico feliz em poder atender à população de Americana. Fico orgulhoso pelo trabalho da equipe do DAE e pelo sacrifício de toda a equipe, pois com isso Americana vai receber água de melhor qualidade”, disse o prefeito Omar Najar. “Meu pai entregou dois decantadores em 1971 e agora a gente continua esse trabalho. É muita responsabilidade, pois água é a saúde da população”, completou Omar. 

A conclusão das obras foi estipulada pela agência reguladora Ares-PCJ (Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) para autorizar o reajuste de 3,78% nas tarifas de água e esgoto praticadas pelo DAE. A previsão de Zappia é de que os novos valores comecem a ser cobrado a partir de agosto. 

Vereadores, secretários e assessores participaram ontem da entrega das obras. Entre as autoridades convidadas estavam o presidente do Comdema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente), João Braidotti, o presidente da Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana), Wagner Armbruster, o representante do Sinditec (sindicato da indústria têxtil), Moacir Jorge, entre outros. 

O diretor geral da Ares-PCJ, Dalto Favero Brochi, destacou o trabalho que o DAE vem realizando. “O DAE não tem medido forças para melhorar o sistema de abastecimento e saneamento na cidade. Parabéns ao prefeito Omar Najar e a todos os funcionários e à diretoria do DAE”, afirmou. 

CRONOGRAMA PREVÊ MAIS MELHORIAS

O cronograma de obras a serem entregues pelo DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Americana durante o mandato do prefeito Omar Najar (MDB) incluem a construção da nova captação de água bruta no Rio Piracicaba, a ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) da Balsa, a troca de aproximadamente 40 quilômetros de redes de distribuição e o novo barramento no leito do rio. 

As melhorias foram elencadas ontem pelo prefeito, na companhia do diretor geral do DAE, Carlos Cesar Gimenez Zappia. Só nas obras de construção da nova captação, são mais R$ 12 milhões em investimentos, por meio do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e contrapartida da autarquia no valor de R$ 2,3 milhões. 

A nova captação, entre as Avenidas João Nicolau Abdala e Lírio Corrêa (estrada velha de Limeira), região do bairro Carioba, deve ser entregue em setembro deste ano, de acordo com os dois. Americana possui apenas um ponto de tomada de água, em operação desde o início da década de 1970. 

O DAE pretende ainda trocar cerca de 20 quilômetros de redes de distribuição de água este ano e repetir o investimento em 2020. O trabalho começou ano passado, com a substituição de aproximadamente 25 quilômetros de tubulações, segundo Zappia. “Estamos fazendo de acordo com a reserva que o DAE tem. É um investimento muito pesado, equivalente a quase R$ 400 milhões e o DAE não suporta um investimento desse. A receita do DAE durante o ano é de R$ 100 milhões, imagine gastar R$ 300 milhões em troca de tubulação? Mas é uma meta que tem que ser alcançada, no futuro, por outro prefeito. Nós estamos tentando (obter recursos) junto ao Governo Federal”, declarou Omar. 

A prefeitura prevê ainda concluir as obras da ETE Balsa no primeiro semestre de 2020, encerrando o despejo de esgoto na Gruta Dainese. Quando entrar em operação, a unidade será capaz de tratar o esgoto gerado por 40 mil habitantes, beneficiando as regiões da Balsa I e II, Parque Gramado, Jardim da Paz, São Jerônimo, Parque da Liberdade e Gruta Dainese. 

O investimento total na ETE é de R$ 32,6 milhões, sendo R$ 26,2 milhões provenientes de recursos do Governo Federal e R$ 6,4 milhões do DAE.  

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This