PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Excesso de velocidade causa 66,5% das multas

Em 2018, dois terços dos condutores flagrados estavam acima do limite estabelecido para a via

O CTB (Código de Trânsito Brasileiro), que desde 1998 estabeleceu regras mais rígidas para tentar dominar a selvageria nas ruas e avenidas das grandes cidades, atinge sua “maioridade” (21 anos) em 2019, mas conscientização ainda parece ser uma palavra ausente no dicionário da maioria dos condutores.

PUBLICIDADE

Embora seja uma prática que eleva muito o risco de acidentes, trafegar em velocidade superior ao permitido nas vias públicas é a infração de trânsito mais comum entre os condutores multados em Americana.

Ao longo de 2018, o excesso de velocidade representou 66,5% do total de irregularidades flagradas pela fiscalização eletrônica na cidade.

PUBLICIDADE

Ao todo, foram lavradas 78.883 infrações de trânsito de todos os tipos nos 12 meses do ano passado – média de 6.573 por mês (ou 219 por dia).

Desse total, 52.465 multas (dois terços) foram motivadas por carros e motos trafegando acima do limite permitido, de acordo com balanço oficial à disposição no portal da Prefeitura de Americana.

PUBLICIDADE

No “ranking” das cinco irregularidades mais cometidas – e que também potencializam muito o risco de acidentes – em segundo lugar aparecem as infrações por dirigir falando ao telefone celular, com 9.950 multas em 2018.

Os radares flagraram ainda 3.938 condutores que pararam sobre a faixa de pedestres, enquanto agentes de trânsito multaram 2.579 que estavam conduzindo sem o cinto de segurança.

Outros 1.486 condutores foram flagrados ao avançar o sinal vermelho.

Dirigir acima da velocidade permitida na via é uma infração que varia de média a gravíssima dependendo do percentual em que o limite máximo foi ultrapassado.

Se for até 20% superior à velocidade estabelecida na via e informada em sinalização, a infração é de gravidade média, que implica em quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e multa de R$ 130,16.

Conduzir carro ou moto em velocidade de 20% a 50% superior à máxima permitida é infração grave, que penaliza o condutor com cinco pontos e mais R$ 195,23 em multa.

Quem for pego acima de 50% da velocidade permitida, pode ter a CNH suspensa. A infração, gravíssima, vale 7 pontos e multa de R$ 880,41.

Por meio de assessoria de Imprensa, a Prefeitura de Americana afirma que a Utranv (Unidade de Transportes e Sistema Viário) realiza “diversas campanhas de educação no trânsito, no decorrer do ano, com ênfase no Maio Amarelo, especialmente com entrega de folhetos informativos aos motoristas”.

FALHA HUMANA CAUSA DE 90% DOS ACIDENTES

De acordo com o ONSV (Observatório Nacional de Segurança Viária) – responsável pelo Movimento Maio Amarelo, que visa redução das mais de 40 mil mortes no trânsito no Brasil por ano – 90% dos acidentes ocorrem por falhas humanas, que podem envolver desde a desatenção dos condutores até o desrespeito à leis de trânsito (como é o excesso de velocidade).

“Os exemplos são claros: excesso de velocidade, uso do celular, falta de equipamentos de segurança como o cinto de segurança ou capacete, o consumo de bebidas antes dirigir ou até mesmo o cansaço”, afirma a entidade. “Agir de forma preventiva e responsável, não tomando atitudes arriscadas, como exceder o limite de velocidade, é decisivo para reduzir acidentes”, alerta o Observatório.

 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This