PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Tenho a ideia, mas não dinheiro. O que fazer?

Quer abrir o seu negócio, mas não sabe como? A gente te ajuda!

Com o atual momento econômico muitas pessoas têm optado por empreender, alguns por oportunidade e outros (na sua grande maioria) por necessidade. 

PUBLICIDADE

O fato de “ter uma ideia de negócio” não necessariamente quer dizer que seja oportuno, ou seja, primeiramente devemos analisar se esta ideia é oportuna; e para isso podemos utilizar ferramentas, como por exemplo, o plano de negócios. 

O plano de negócios permite estruturar a ideia, avaliar mercado e, entre outras coisas, avaliar a sua viabilidade econômica, ou seja, se essa ideia de fato tem potencial de ganho e crescimento. 

PUBLICIDADE

Na parte financeira do plano é possível identificar a real necessidade de recursos e como estarão distribuídos no negócio. 

O fato de “não ter dinheiro” é uma grande barreira, pois pode sacrificar a ideia no curto prazo, mas que pode ser superada com algumas alternativas. Se a ideia for oportuna podemos procurar investidores/sócios que acreditem em sua ideia e estão dispostos a apoiá-lo ou procurar crédito nas instituições. 

PUBLICIDADE

Para o investimento inicial é interessante utilizar recursos de terceiros, pois tende a ter um custo menor de aquisição e um prazo maior de pagamento (normalmente crédito tomado com agentes de desenvolvimentos e instituições financeiras), e direcionar o pouco recurso que você possui para o dia a dia do negócio (capital de giro, crédito com um custo maior). 

Se esses cuidados forem tomados a chance de sua ideia prosperar aumentam consideravelmente. 

 

Por Felipe dos Anjos Chiconato, consultor do Sebrae-SP

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This