Home Cidades Emprego formal cresce na região

Emprego formal cresce na região

Nas cinco cidades, foram criadas 2.407 novas vagas em outubro, mas aumento de casos de Covid preocupa
by Leon Botão

A região de Americana registrou saldo positivo no número de empregos com carteira assinada gerados em outubro. Nas cinco cidades, foram 2.407 novos postos de trabalho. Esse é o quarto mês de saldo positivo na região, o que aponta para a retomada da economia. No entanto, a crescente dos casos confirmados, internações e mortes causadas pela Covid-19 tem deixado empresários receosos quanto aos resultados nos próximos meses, o que pode frear investimentos.

De acordo com os dados disponibilizados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia, a região registrou em outubro 9,5 mil contratações e 7 mil demissões no mês passado, com destaque para o surgimento de vagas principalmente no comércio, indústria e construção civil.

Americana registrou o maior saldo de empregos, com 723 novos postos, mas ainda segue como a única cidade da região a ter saldo negativo no balanço anual. De janeiro a outubro, no balanço entre contratações e demissões, a cidade aparece com saldo de menos 1.116 postos de trabalho.

Mesmo com esse saldo positivo em outubro, a perspectiva do empresariado americanense ainda é de apreensão, segundo o presidente da Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana), Wagner Armbruster.

“Os empresários tradicionalmente neste período do ano contratam extras para as festividades de fim de ano. Porém, em decorrência da pandemia e do possível retrocesso de fases do Plano São Paulo, estão ainda aguardando. A perspectiva empresarial é de um final de ano positivo, porém os números e as últimas informações colocam os empresários em suspense. Acreditamos sim em expansão de oportunidades de empregos e na possibilidade de um final de ano positivo, mas estamos reféns da realidade da pandemia”, ponderou.

REGIÃO

Em Hortolândia, o saldo anual também não é dos melhores, com apenas 10 positivos. Já em Sumaré, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste, o saldo anual até outubro é positivo, sendo o de Nova Odessa o maior, com 472 novos postos. A cidade, em outubro, registrou o melhor saldo da RMC (Região Metropolitana de Campinas) entre as cidades com menos de 100 mil habitantes – são 60 mil no município. Foram 399 novos postos de trabalho.

O resultado foi comemorado pela secretária de Desenvolvimento Econômico e Gestão Social da Prefeitura, Regina Pocay, para quem os números mostram a consolidação desse momento de retomada. “Conversando com os empresários, percebemos que eles estão contratando, respeitando os protocolos sanitários estabelecidos pela Vigilância Sanitária, e esperançosos de que a economia readquira seu ritmo normal”, afirmou.

Economista destaca importância do auxílio

A retomada da economia e da geração de empregos na região e no país como um todo tem entre seus principais agentes o auxílio emergencial concedido pelo governo federal. A análise é do professor de finanças e gestão da IBE Conveniada FGV, Diego Barbieri.

“Essa retomada era natural, porque viemos de uma redução do emprego no início da pandemia. Mas é importante destacar que os impactos econômicos da pandemia foram reduzidos por conta do auxílio emergencial. O reflexo dessa injeção de dinheiro na economia foi fantástico, porque vemos que o resultado no consumo está sendo positivo”, afirmou o economista.

O especialista destacou que não vê o crescimento do emprego como momentâneo por conta do final de ano. “Vejo como um crescimento sustentável. Temos uma preocupação que é vacina, porque a longo prazo, se ela não sair até o final do primeiro trimestre, por exemplo, a economia vai tender a ter uma recaída”, disse.

Para Barbieri, as chances de um novo fechamento do comércio, a exemplo do ocorrido nos meses de abril e maio, são remotas. “No menor indício de aumento de casos, a reeducação vai ser importante, as pessoas voltarão a adotar as medidas de segurança que acabaram deixando de lado recentemente. Mas não vejo o risco de mais um lockdown ou um fechamento mais rígido”, concluiu.

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This