Home Cidades Enfermeiro vítima da Covid-19 é enterrado em Americana

Enfermeiro vítima da Covid-19 é enterrado em Americana

Renan Daniel do Prado estava internado em Piracicaba, onde atuava e foi infectado; é o sétimo óbito pelo coronavírus no município
by Rogério Verzignasse

Amigos e parentes se despediram neste domingo do enfermeiro americanense Renan Daniel do Prado, 31, que morreu no sábado (30), vítima de Covid-19. Morador do São Jerônimo, ele estava internado desde o dia 8 no Hospital Regional Dra. Zilda Arns, em Piracicaba, cidade onde trabalhava e contraiu o coronavírus.   

Declarações emocionadas tomaram as páginas de Renan nas redes sociais.  Principalmente de antigos colegas de trabalho, que ele conheceu ao longo da carreira. No passado, ele trabalhou na UPA do Antônio Zanaga e no próprio Hospital Municipal de Americana. Ultimamente, atuava na UPA Piracicamirim, onde foi contaminado.  

Impedidos de participar do velório, amigos participaram de manhã de um cortejo simbólico até o Cemitério Parque Gramado, onde a cerimônia fúnebre foi acompanhada só pela família. Viaturas dos bombeiros, ambulâncias e Guarda Municipal seguiram o cortejo. 

Ainda no sábado, assim que a morte do rapaz foi anunciada, servidores da saúde de toda a região se uniram e o homenagearam frente do hospital.  

O estado de Renan piorou bastante desde sexta-feira, quando ele entrou em um quadro de crise respiratória aguda.  

Renan – a sétima vítima fatal de Covid-19 entre os moradores de Americana – usava a própria página no Facebook para defender isolamento social e o uso de equipamentos individuais. 

No próprio perfil, no espaço para a foto de capa, ele mantinha uma ilustração em que uma enfermeira, usando máscara, aparece entre super-heróis.  

O prefeito Omar Najar (MDB) enviou condolências à família, e fez questão de homenagear os servidores da saúde que, como Rena, acabarem perdendo a vida nas unidades de atendimento. 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This