Home Brasil + Mundo Filho de Doria é acusado de promover festa, governador nega e registra queixa na polícia

Filho de Doria é acusado de promover festa, governador nega e registra queixa na polícia

Em vídeo que circula nas redes sociais, mulher denuncia suposto evento com música alta na rua onde Doria mora, mas tucano diz que seu filho nem reside no local e presta queixa
by TodoDia

O governador João Doria (PSDB) registrou neste sábado (6) uma queixa crime na polícia contra os responsáveis por um vídeo gravado da casa de uma vizinha dele. Na filmagem, que circula em redes sociais, uma voz feminina diz que o filho do tucano estaria promovendo uma festa na residência com música alta.

Segundo o governo paulista, a gravação foi feita da casa de uma vizinha, identificada como Alessandra Maluf. O som mais alto viria de outra casa na mesma rua onde Doria mora, no Jardim Europa, em São Paulo, mas não havia nem festa nem aglomeração no local. Após pedido à dona da casa, o volume foi reduzido.

A assessoria do governador afirma ainda que o filho do governador nem sequer mora no local e não estava em São Paulo na data da gravação.

Por determinação de Doria, o estado de São Paulo está desde ontem na fase vermelha do Plano SP da quarentena contra a Covid, a mais restritiva de todas.

Nessa etapa, apenas serviços essenciais como farmácias e supermercados podem funcionar de forma presencial. De forma controversa, templos religiosos também foram incluídos no grupo por Doria, desde que respeitem a ocupação máxima de 30%.

Parques, shoppings e o comércio em geral estão proibidos, e restaurantes só podem fazer serviço de entrega.

A determinação da fase vermelha se deve à escalada dos casos de Covid-19 no estado.

Em postagem em suas redes sociais na manhã deste domingo, Doria disse que repudia “mais uma fake news” e lembra que a pena para crime de difamação é de um a quatro anos de prisão.

REPORTAGEM: Folhapress

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This