Home Destaque Fiscalização flagra mais de 970 aglomerações e festas no estado

Fiscalização flagra mais de 970 aglomerações e festas no estado

Feriado começa com polícia e Vigilância tentando coibir eventos ilegais em SP, onde festa clandestina foi fechada nesta sexta com mais de 100 pessoas
by TodoDia

Cerca de cem pessoas foram flagradas em uma festa clandestina na noite desta sexta-feira (2) em Itaquera, na zona leste de São Paulo. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o evento tinha música ao vivo e DJ, e ao menos 62 dos frequentadores não utilizavam máscara de proteção.

A ação foi realizada pelo DOPE (Departamento de Operações Policiais Estratégicas), da Polícia Civil, pela Prefeitura de São Paulo, pela Vigilância Sanitária e pelo Procon e faz parte das ações de combate às aglomerações durante a fase emergencial do Plano São Paulo, que proíbe serviços não essenciais.

O local estava com portas abaixadas para tentar disfarçar o funcionamento. O proprietário do estabelecimento, alguns funcionários e participantes da festa foram encaminhados à delegacia para esclarecimentos.

Durante a ação, segundo a secretaria, uma das pessoas se exaltou contra as equipes de fiscalização e também foi detido.
O caso foi registrado como infração de medida sanitária preventiva, desacato e resistência. A Polícia Civil já investiga outras 4.600 pessoas que foram flagradas em festas clandestinas.

OUTROS EVENTOS

Além da festa, segundo o governo do estado, também foram interditados um spa que funcionava irregularmente na Aclimação, região central, e um bar em Pinheiros, zona oeste, que tinha clientes consumindo em seu interior. Ambas as atividades estão proibidas na fase emergencial do Plano SP.

Entre a sexta e a madrugada de sábado (3), em todo o estado, a Polícia Militar atou em 40 ações de apoio à Vigilância Sanitária e 3.544 dispersões.

Foram flagrados 972 pontos de aglomeração, mais de 46 mil veículos foram vistoriados e 69 pessoas foram presas – 49 delas já eram procuradas pela Justiça.

A Vigilância Sanitária Estadual realizou, de 1º de julho de 2020 a 31 de março de 2021, 238.826 inspeções e 5.355 autuações. Com a intensificação das ações devido à Fase Emergencial, só no mês de março as equipes inspecionaram 33.271 locais e fizeram 1.439 autuações.

Qualquer pessoa pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais pelo telefone 0800-771-3541 e também no site www.procon.sp.gov.br ou pelo e-mail [email protected], do Centro de Vigilância Sanitária.

REPORTAGEM: Folhapress

 

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This