Home Destaque Fusão de Red Bull com Braga gera disputa

Fusão de Red Bull com Braga gera disputa

A união dos dois times abriu uma vaga na Série A1 (principal divisão) do Estadual de 2020
by Folhapress

A mudança do Red Bull de Campinas para Bragança Paulista pode mexer com as quatro divisões do futebol paulista em 2020. A união dos dois times abriu uma vaga na Série A1 (principal divisão) do Estadual de 2020. O Red Bull pagou cerca de R$ 50 milhões para assumir o Bragantino, em março deste ano. A alteração do nome será confirmada em janeiro de 2020. O time vai se chamar Red Bull Bragantino. 

Os dois clubes teriam o direito de jogar o Campeonato Paulista da Série A1 em 2020. Mas com a fusão, uma vaga aberta na elite do estado se abriu. 

A reportagem apurou que o presidente da federação, Reinaldo Carneiro Bastos, decidiu que o lugar será do Água Santa, terceiro colocado da Série A2. Ficou atrás de Santo André e Internacional de Limeira, que conseguiram o acesso em campo. O assunto será decidido em conselho arbitral do torneio, a ser realizado no final deste mês. 

Rebaixado na edição de 2019, o São Caetano contesta a solução encontrada pela entidade que organiza o torneio. 

“Nós vamos brigar até o fim. Mandamos um comunicado para o Reinaldo [Carneiro Bastos, presidente da FPF], mas a regra das séries A1 e A2 deste ano eram claras. Nós pleiteamos, mas não sabemos como vai ficar”, afirma o presidente do São Caetano, Nairo Ferreira, que nesta terça (8) se licenciou do cargo alegando problemas de saúde. 

A interpretação da federação é de que foi colocado em prática o primeiro inciso do artigo 19 da A2 de 2019: 

“Em caso de não participação de algum clube classificado para a (…) Série A1 de 2020, terá acesso o clube que obtiver a terceira melhor campanha na (…) Série A2 de 2019, dentre os que disputaram a fase semifinal.” 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This