Home Cultura Horas em casa

Horas em casa

Denise Fraga vive diferentes personagens online com maestria no canal Eu de Você, no Youtube
by Folhapress

É impossível prever quantos dos incontáveis projetos surgidos durante a quarentena terão sobrevida quando o mundo voltar ao -muitas aspas aqui- normal. Na equação que define este número, as principais variantes serão obviamente o interesse dos envolvidos em continuar e a qualidade do que se apresenta.

O que significa que, se a atriz Denise Fraga e o marido, o diretor Luiz Villaça, tiverem vontade de tocar adiante o “Horas em Casa”, mesmo depois de encerrado o distanciamento, metade do caminho já estará andado. Porque o que não falta à websérie criada pelo casal é qualidade.

Produzido pela Café Royal e disponível no canal Eu de Você, no Youtube, o programa traz episódios semanais de cerca de dez minutos de duração cada um. Até o momento, já foram publicados 12, que podem ser vistos sem que seja necessário seguir uma ordem específica.

Com o tema “Fronteiras”, a estreia aconteceu em 6 de junho, e traz o formato que vai se apresentar por todos os episódios, até hoje. Fraga está sempre sozinha em todos os quadros e usa um único figurino do início ao fim.

Vestindo personagens que às vezes se repetem nas semanas seguintes, e em outros que fazem uma única aparição, é essa escolha simbólica que prova o tamanho do talento da atriz. Na democracia da não caracterização para nenhum dos papéis, fica a cargo apenas da sua interpretação sublinhar a alternância.

E Denise Fraga, nos palcos e telas desde meados dos anos 1980, se mostra mais uma vez excepcional e constante. Todas as peles que assume são não só verossímeis no mesmo nível, mas também brilhantes em todos os aspectos de sua composição.

Em live recente da Folha de S.Paulo, a atriz e Luiz Villaça contaram que a ideia de “retratar” o garoto desse modo veio de conversas com amigos, que em uníssono se queixavam dos filhos que, na quarentena, se isolam em seus quartos e interagem muito pouco com os pais.

Na mesma conversa, a atriz também frisou o papel do teatro e de todas as outras formas de expressão artística. “Em tempos de crise, arte”, disse. “Se você está preocupado com o sofrimento do seu povo, incentive a arte, porque a arte nos ajuda a compreender os nossos dramas.”

E é com a sua arte que o casal Denise Fraga e Luiz Villaça oferece as ferramentas não só para que o público enfrente e compreenda a tragédia de ter de se trancar em casa enquanto lá fora morrem milhares de pessoas, mas também para que esse processo seja o mais leve possível.

Em tempos sombrios, se é possível saber que estamos vivos é porque há joias como “Horas em Casa” para nos dizer isso, mesmo sem dizer.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This