Home Cidades Idosos com 80 anos já podem ser vacinados

Idosos com 80 anos já podem ser vacinados

Estado adianta vacinação, que poderá, a partir de quarta, atingir maiores de 77
by Leon Botão
O governo do estado também anunciou ontem um adiantamento na vacinação de idosos, válido para todos os municípios. A partir de hoje, poderão ser vacinados idosos com 80 anos ou mais e, a partir da próxima quarta-feira (4), podem ser vacinados idosos com 77 anos ou mais. Na região, essa faixa etária já vinha sendo parcialmente contemplada por alguns municípios.
Na coletiva na qual anunciou a antecipação, o governador João Doria disse que a imunização dos profissionais de saúde da linha de frente foi concluída e que o adiantamento visa salvar vidas dos idosos.
“A antecipação importante para proteger a faixa etária mais vulnerável. É um esforço enorme do Instituto Butantan e do PEI (Programa Estadual de Imunização) para conseguir adiantar e vacinar a faixa de maior vulnerabilidade, por isso, faço um pedido a todos que têm pais e avós nessas faixas etárias: por favor, levem seus pais e seus avós para serem vacinados”, disse.
Na região, algumas cidades já iniciaram a imunização desses grupos, outras aguardam mais doses.
Sumaré informou que a vacinação será retomada na segunda-feira (1º), com a aplicação de 1.700 doses da vacina de Oxford em idosos com 80 anos ou mais. As doses estarão disponíveis em escolas espalhadas pelas seis regiões da cidade, além do CCTI (Centro de Convivência da Terceira Idade). A lista completa está disponível no site da prefeitura. A vacinação ocorrerá das 9h às 16h.
Em Nova Odessa, a vacinação de idosos com 80 anos ou mais vem sendo feita desde o dia 8 de fevereiro. O novo grupo, de 77 anos ou mais, será vacinado a partir de quarta. Para isso, as pessoas devem fazer o cadastro pelo site da prefeitura e aguardarem o telefonema da Secretaria de Saúde para ir até o Ginásio do Santa Rosa para receber o imunizante no dia marcado.
Hortolândia informou em nota que “já realiza a vacinação do público com idade igual ou superior a 75 anos e até o momento não há interrupções no processo”.
A Administração disse ainda que “a expectativa é que a destinação de novos quantitativos de doses mantenham a campanha sem interrupções, contudo isso depende do envio a ser realizado pela DRS-7”.
Já Santa Bárbara d’Oeste informou em nota que o município “ainda não foi comunicado oficialmente pela Secretaria de Estado da Saúde sobre o cronograma divulgado” e que “a possível antecipação da vacinação e abertura de novos públicos dependem do envio de novas doses pelo governo estadual, o que até o momento não ocorreu”.

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This