Home Manchete Localizado carro que pode ter sido usado em execução em Americana

Localizado carro que pode ter sido usado em execução em Americana

Veículo Citröen C3, com placa falsa, teria sido usado por atirador que matou uma pessoa e feriu outras duas na Cidade Jardim, na última terça-feira (04)
by Claudete Campos

A equipe da Romu (Ronda Ostensiva Municipal) da Guarda de Americana localizou um veículo supostamente usado na execução de uma pessoa na Rua das Rosas, no Bairro Cidade Jardim, em Americana, na última terça-feira (4). Duas pessoas também ficaram feridas na ação.

O carro foi localizado abandonado na Rua Roma, no Jardim Bertoni, às 19h desta quarta-feira (5), e foi periciado numa tentativa da polícia de identificar os dois envolvidos na execução.

Trata-se do veículo Citröen C3 prata, que foi furtado em Americana no dia 30 de julho. O carro dublê, com placa falsa, estava estacionado em local desabitado, despertando suspeita da equipe. Chegou informação aos guardas que o veículo poderia estar envolvido no homicídio ocorrido na terça, informou a Romu, em sua página no Facebook.

Por isso, a DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Americana, que comanda a apuração do caso, também foi acionada e uma equipe acompanhou os trabalhos. O veículo foi apreendido e recolhido ao pátio. No Citroen foram encontrados uma camisa e uma placa de identificação.

A DIG também está à procura de imagens de câmeras de monitoramento para tentar identificar os dois envolvidos no homicídio.

COMO FOI

Um homem com tom touca ninja desceu do veículo prata e efetuou dez disparos contra o pintor Ricardo Latão Sobrinho, 40, que faleceu ao dar entrada no hospital. Também foram atingidas duas pessoas: o pintor Adriano Pires, 42, amigo do falecido, que levou um tiro de raspão na orelha.

A operadora de caixa Angélica Cristina Feriani, 26, aguardava em um veículo Paraty o seu marido, o autônomo Ezequiel da Silva, 45, comprar bebidas no bar. Ao ouvir os disparos, Angélica deixou o veículo onde estava e foi atingida por um estilhaço de projétil na perna direita na altura da coxa. Os veículos Toyota Corolla da vítima e a Parati foram periciados.

A vítima que faleceu trabalhava de vez em quando no bar e teria saído recentemente do sistema prisional, após cumprir pena por furto em caixa eletrônico. Os atiradores fugiram após os disparos e ainda não foram localizados.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This