Home Brasil + Mundo Logística do governo falha e atrasa vacinação

Logística do governo falha e atrasa vacinação

Alterações em horários de voos e atropelos na comunicação de ministério fazem estados ficarem sem vacinas
by Folhapress

Após problemas na logística do governo federal no envio de vacinas aos estados, com alterações repentinas dos horários dos voos e atropelos na comunicação, pelo menos 19 estados que aguardavam a chegada de lotes da Coronavac na tarde desta segunda (18) ficaram sem receber as doses. Onze deles, a exemplo da Bahia, Amazonas e Rio Grande do Norte, tiveram que alterar o cronograma e só vão iniciar a imunização nesta terça-feira (19).

O atropelo na operacionalização de entregas provocou críticas de governadores e autoridades de saúde locais. Na manhã desta segunda, no evento em São Paulo no qual o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que os estados estavam liberados para vacinar a partir das 17h do mesmo dia, equipes de governadores tiveram a impressão de improviso.

O governo fluminense esperava receber as 487 mil unidades que lhe foram destinadas pelo Ministério da Saúde por volta das 13h, quando o governador Cláudio Castro daria uma entrevista à imprensa no aeroporto Santos Dumont, mas o evento foi cancelado porque elas não chegaram.

A vacina seria transportada por um avião da Azul do aeroporto de Guarulhos, a menos de uma hora de voo. Agora, só uma remessa deve chegar ainda na noite desta segunda e outra deve chegar durante a madrugada, como mostra uma planilha do governo federal. Segundo fontes do Palácio Guanabara, a União não deu explicações sobre o atraso.

O estado decidiu viabilizar um helicóptero para levar apenas um lote simbólico e manter a cerimônia de início da imunização que estava marcada para as 17h no Cristo Redentor. O prefeito Eduardo Paes (DEM) afirmou mais cedo à imprensa que já tinha um caminhão pronto esperando as 231 mil doses da capital.

“Temos até um caminhão pronto. Ele poderia ter ido ontem à noite para São Paulo e já estaria aqui com a vacina a essa altura. Temos uma estrutura que é muito boa”, afirmou.

Na Bahia, onde a previsão era de que as vacinas chegassem na manhã desta segunda, o governo do estado já havia preparado uma logística com sete aeronaves e 220 veículos para fazer a distribuição das doses para as cidades do interior do estado.

“É incompreensível, ninguém tem informação oficial sobre o que aconteceu. Foi dormir no domingo com uma planilha de horários de voos, acordei já era outra e agora à tarde recebi uma terceira”, afirma o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

A previsão é de que as vacinas chegassem às 22h na Bahia, o que obrigaria o governo do estado a contratar voos noturnos para fazer a distribuição, gerando novos custos para o governo estadual. “A distribuição vai entrar pela madrugada”, diz o secretário.

Com a mudança, a primeira dose da vacina será aplicada em Salvador apenas na manhã desta terça-feira (19). O ato acontecerá na sede das Obras Sociais Irmã Dulce, na Cidade Baixa.

MINAS

Em Minas Gerais, a chegada das vacinas estava prevista inicialmente para as 16h, mas passou para as 18h50. Com 21,2 milhões de habitantes na estimativa do IBGE, o estado receberia 577.480 doses da vacina nesta segunda-feira (18), para serem distribuídas para os 853 municípios. O governo calcula que 280 mil pessoas sejam vacinadas até o final de semana – elas devem receber as duas doses até fevereiro.

“Combinamos com os governadores de acelerar todo o cronograma. O cronograma inicial era a logística hoje (ontem). Amanhã (terça) a logística dos estados para o município, e na quarta-feira o início. Os governadores solicitaram que assim que chegassem aos estados eles tivessem a liberdade de iniciar a vacinação”, informou o ministro Pazuello.

Embora os chefes dos Executivos estaduais tivessem pressionado para adiantar o cronograma para antes do dia 20, muitos demonstraram concordância com o início da vacinação a partir das 14h de terça (19), o que evitaria atrasos.

A impressão que ficou entre equipes de alguns estados é de que Pazuello tirou da cartola o novo cronograma, mais apertado e sem preparação prévia. “Alguns estados podem iniciar um pouco depois, mas, aqueles que começam, começam às 17h”, disse o ministro.

No Rio Grande do Sul, o governador Eduardo Leite (PSDB) aguardava, inicialmente, as vacinas chegarem por via terrestre por volta das 16h. Porém, as doses acabaram embarcadas em um voo da Azul, que deve chegar à capital gaúcha só às 20h25. A solenidade da primeira vacinação deve ocorrer às 21h30 desta segunda-feira.

No estado vizinho, Santa Catarina, as vacinas chegaram em um avião da FAB, por volta das 11h. A vacinação está marcada para as 17h.

Quem também recebeu pontualmente foi Goiás. “Nossas vacinas foram as primeiras a serem embarcadas e daqui a pouco já chegam em solo goiano”, comemorou no Twitter o governador goiano, Ronaldo Caiado (DEM).

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This