Home Cidades Mortes por Covid-19 caem na região em 14 dias de fase verde

Mortes por Covid-19 caem na região em 14 dias de fase verde

Foram 28 óbitos nas 5 cidades, contra 51 nas duas semanas anteriores
by Pedro Heiderich

Em duas semanas de fase verde do Plano São Paulo do governo do Estado, as mortes por coronavírus despencaram na região. De 9 de outubro, quando o governador João Doria (PSDB) anunciou o avanço da região à fase verde, até esta sexta-feira (23), a região teve 28 óbitos, média de dois por dia. Nas duas semanas anteriores, de 25 de setembro até 9 de outubro, foram 51 mortes, quase quatro mortes por dia, e quase o dobro na comparação com o período anterior. 

Na última atualização do Estado antes do avanço à fase verde, em 25 de setembro, a região estava em uma situação bem pior em números de casos e mortes por coronavírus. No próprio dia 25, a região tinha registrado 176 casos e nove mortes, chegando a 21.761 infectados, com 728 óbitos. 

De lá até 9 de outubro, a região teve 51 mortes (15 em Santa Bárbara, 14 em Sumaré, dez em Hortolândia, oito em Americana e quatro em Nova Odessa) e mais de 2.400 casos, chegando a uma média de quase quatro mortes e mais de 100 casos por dia nestas duas semanas. 

Se 14 dias antes a região teve nove mortes no dia e 176 casos, no dia 9 de outubro foram registrados 87 casos e cinco mortes, praticamente a metade. A região chegava em 9 de outubro a 23.171 casos e 779 óbitos da doença. 

De 9 de outubro até sexta (23), foram 28 óbitos (oito em Hortolândia, oito em Santa Bárbara, quatro em Americana, quatro em Nova Odessa e quatro em Sumaré) e cerca de mil casos, atingindo 24.128 infectados, com 807 óbitos. 

A média dentro das duas semanas foi de dois óbitos por dia e de cerca de 71 casos por dia. 

Nesta sexta, a região teve, pela segunda vez na semana, um dia sem óbito por coronavírus. Foi a primeira vez desde quando a pandemia chegou à região que uma semana teve dois dias sem registros de óbitos em nenhuma das cinco cidades da região de Americana. 

Por município, Santa Bárbara teve queda de 15 mortes em duas semanas para oito nas duas semanas seguintes. Sumaré foi de 14 a quatro óbitos. Hortolândia, de dez para oito. Americana teve 8 mortes de 25 de setembro a 9 de outubro e metade, quatro, de 9 a 23 de outubro. Nova Odessa registrou quatro mortes pela doença nos dois períodos. 

PELA SEGUNDA VEZ NA SEMANA, DIA SEM NOVOS ÓBITOS  

A região teve, nesta sexta, o segundo dia sem registrar novas mortes por coronavírus na semana. Na segunda-feira (19), a região teve 133 casos, mas nenhum óbito. A situação se repetiu nesta sexta (23), com 85 casos registrados, chegando a 24.128 casos, com 807 óbitos desde o início da pandemia. 

De terça (20) a quinta-feira (22), os cinco municípios da região de Americana tiveram, juntos, duas mortes em cada um dos dias. 

A Prefeitura de Americana, por meio da Vigilância Epidemiológica, informou que foram registrados mais 18 novos casos positivos de Covid-19. São 6.071 casos da doença desde o início da pandemia, sendo 5.803 recuperados e 165 óbitos. Há ainda 54 casos suspeitos. 

A ocupação de leitos destinados exclusivamente para pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19 em Americana é de 19% com respiradores (de 56 no total, 11 estão ocupados) e de 23% sem respiradores (de 67 no total, 16 estão ocupados). 

Hortolândia teve 25 casos, indo a 4.476 infectados, com 4.284 curados e 156 óbitos. Há ainda 148 casos suspeitos. 

Mais três pessoas testaram positivo em Nova Odessa, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde. 

O município contabiliza 987 contaminados, incluindo 410 curados e 45 mortes. Aguardam resultados de exames 121 casos em investigação, incluindo três óbitos. 

Santa Bárbara teve 30 casos e foi a 6.113 infectados, com 5.800 curados e 191 óbitos, além de 533 casos suspeitos. 

Sumaré registrou nove casos, totalizando 6.472, com 6.144 curados e 250 óbitos. Há ainda 844 casos suspeitos, com três óbitos.  

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This