Home Cidades Motoboys protestam em local onde colega morreu, na Avenida São Paulo, em Santa Bárbara

Motoboys protestam em local onde colega morreu, na Avenida São Paulo, em Santa Bárbara

O grupo reivindica a retirada da lombada e a instalação de um semáforo onde ocorreu o acidente
by tododia

Um grupo de cerca de 40 motoboys realizou um ato em homenagem e protesto pela morte do motociclista Carlos Alberto Gomes, de 30 anos, vítima de um acidente ocorrido nesta quarta-feira (23) no cruzamento da Avenida São Paulo com a Rua Gabriel Pereira de Brito, em Santa Bárbara d’Oeste. Os profissionais pedem mudanças na sinalização da via para evitar novos casos. 

Os motociclistas se reuniram no local do acidente por volta das 14h30 e dali seguiram até o cemitério Jardim dos Lírios, em Santa Bárbara d’Oeste, para acompanhar o enterro de Gomes, que era conhecido como Carlinhos. Eles percorreram o trajeto acionando a buzina dos veículos.  

De acordo com o motoboy Jouber Ricardo Câmara, representante do grupo “Profissão Perigo”, que conta com cerca de 60 profissionais de Americana e Santa Bárbara, o ato foi uma homenagem a Carlinhos, mas também um pedido de providências por parte do Poder Público para diminuir os acidentes no local. 

“Só nesse ano, foram 5 acidentes com moto nesse cruzamento, sem contar os acidentes com carros e pedestres. Estamos pedindo melhorias na infraestrutura desse local. Ali, não adianta ter lombada apenas, precisa ter um semáforo no cruzamento, assim os veículos são obrigados a parar e esperar”, defendeu Câmara. 

O motoboy contou que atua há 4 anos em Americana e Santa Bárbara, e que os acidentes já são rotina nesse local. “Ali tem alta velocidade, imprudência e má qualidade na infraestrutura. Essa combinação é certeza de acidente”, disse. 

ESTUDOS 

Por meio de nota, a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste afirmou que “a demanda foi encaminhada à Secretaria de Segurança, Trânsito e Defesa Civil, que realiza constantes estudos por meio da Engenharia de Tráfego visando ampliar a segurança das vias do município como um todo”. 

A prefeitura ainda apontou que “a via é devidamente sinalizada e conta com dispositivos de segurança, como semáforos e radares – todos identificados para que os condutores possam respeitar a velocidade máxima e não descumprir a lei”. 

Por Leon Botão 

*Matéria atualizada às 16h20 para acréscimo de informações 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This