Home Cidades Mulher não consegue votar

Mulher não consegue votar

by Francisco Lima
A aposentada Magali Terezinha Sferra Buzzo, 69, não conseguiu votar ontem em Americana por conta da mudança de sua seção eleitoral. Desde que começou a votar, aos 18 anos, ela sempre exerceu esse direito na Escola Estadual Heitor Penteado. No entanto, neste ano, a sessão dela saiu do térreo para o andar superior.

 

“Eu fraturei o músculo da perna, estou fazendo tratamento com células-troco e não posso subir escada. Cheguei para votar e para a minha surpresa mudaram a sessão para o andar de cima. Tinha que subir dois lances de escada. Falei com o chefe da escola e ele disse que não podia fazer nada”, reclamou.

 

Ela disse que ficou muito brava com a situação. “Pedem tanto para a gente votar, espera quatro anos e não consegue. Acho uma vergonha. Devia ter uma alternativa. Minha mãe com 90 anos votava e eu com 69 não posso mais?”, questionou.

 

De acordo com ela, o marido foi até o 158º Cartório Eleitoral e recebeu a orientação de que ela precisaria justificar a ausência e que não havia alternativa.
CARTÓRIO ELEITORAL
O 158º Cartório Eleitoral informou que todos os locais de votação tem uma sessão especial, mas a aposentada não estava cadastrada nela. Ela agora tem 60 dias para justificar o voto.

 

Ainda segundo o cartório, não houve outra ocorrência de acessibilidade na cidade.

Sugestões

1 comment

Bruno 10 de outubro de 2018 - 19:38

Muito obrigado , pois o texto me ajudou muito em minha redação 🙂

Reply

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This