Home Cidades Nova Odessa: Polaco vai processar Carol Moura

Nova Odessa: Polaco vai processar Carol Moura

Vereadora que renunciou sábado se referiu ao agora dono da cadeira como “mais sujo do que pau de galinheiro”
by Pedro Heiderich

Wladiney Pereira Brígida, o Polaco (PL), assume nesta semana o lugar de Carol Moura (Podemos) na Câmara de Nova Odessa, após a renúncia da vereadora no sábado, antes da votação de seu processo de cassação. 

Em seu último discurso na Câmara, ela disparou acusações contra Polaco e outros vereadores da Casa. “Ela terá de provar”, afirmou Polaco, dizendo que irá processar a ex-vereadora. 

O agora ex-suplente não participou da sessão de ontem por conta de trâmites da Casa de Leis, mas já participará da próxima sessão. 

“A expectativa é bem grande, em poder fazer a diferença, colocar em prática projetos que havia planejado em benefício da população e continuar fiscalizando o Executivo, agora de maneira mais incisiva”, disse à reportagem. 

“Não vou medir esforços para honrar os votos que tive, sou grato a Deus pela oportunidade e é um privilégio poder representar a população de Nova Odessa”, completou. 

Ele também comentou os ataques de Carol no sábado.

“Entendo que passar por um processo de cassação é uma situação constrangedora, porém somos pessoas públicas e estamos sujeitos à fiscalização. Diante de graves afirmações que a ex-vereadora fez em seu discurso de renúncia, inclusive contra a minha pessoa, estamos adotando as medidas cabíveis e ela terá de provar o que disse”. 

O CASO 

Carol Moura protocolou ofício na Câmara renunciando ao mandato na tarde de sábado (27), minutos antes da sessão extraordinária em que haveria o julgamento do pedido de cassação contra ela. 

No início da sessão foi lido o documento e, com isso, deixou de ser votado o parecer pela cassação da parlamentar, elaborado pelos membros da Comissão Processante. O parecer dos membros da comissão era pela cassação do mandato. 

Instaurada em 9 de dezembro do ano passado, a comissão apurou a suposta falta de decoro na conduta pública da parlamentar devido ao processo criminal que ela respondeu pela acusação de tentativa de furto em uma loja de roupa em Campinas. 

Carol alegou razões de “cunho estritamente pessoal” para a renúncia do mandato. 

Foi a primeira vez na história da Câmara de Nova Odessa que um parlamentar renunciou ao mandato, segundo a assessoria de imprensa do Legislativo. 

Além de renunciar, Carol disse que pretende abandonar a carreira política, fato confirmado por sua assessoria. 

No sábado, durante a sessão, ela saiu “atirando” contra os vereadores, em especial ao presidente da Câmara, Vagner Barilon (PSDB), que convocou o seu suplente, o Polaco, para a sessão. Ela chamou o presidente de “tirano” e que está se sentindo o “reizinho” da Câmara e se referiu a Polaco como “mais sujo do que pau de galinheiro”. 

A ex-vereadora se emocionou no final da sua fala e pediu desculpas aos eleitores por tomar tal atitude, mas que pretende revelar mais detalhes das denúncias contra os vereadores. Segundo ela, sua saída teve “interesses políticos”. 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This