Home Cidades O ‘boom da fé’

O ‘boom da fé’

A palavra fé, escrita em formato de cruz, ganhou as ruas do Brasil, seja em roupas ou em acessórios, o símbolo, mais que demonstração de religiosidade, está na moda
by Alda Queiroz

A palavra fé, escrita em formato de cruz, ganhou as ruas do Brasil. Seja em roupas ou em acessórios, o símbolo, mais que demonstração de religiosidade, está na moda.

Responsável pela produção da estampa, Kelli Gasques não imaginava que a própria criação cairia no gosto de tanta gente.

Idealizadora da marca de roupas Ruah, que significa “sopro de Deus”, a estilista é natural de Santa Fé do Sul, mas mora em Campinas.

Inspirada em uma marca estrangeira, que destaca o nome Jesus em um molde de cruz, Kelli desenvolveu a camiseta com o termo Fé.

Para indicar a entonação da palavra, o acento agudo foi substituído por um coração.

“Quando eu vi a peça americana, achei super bonita. A gente lançou uma coleção chamada ‘Amor Maior’, em que cruzes eram aplicadas a t-shirts. Como eu queria fazer algo no silk (processo de impressão), então, desenvolvi essa estampa. Não copiei de ninguém”, esclarece Kelli.

Ao disponibilizar a primeira peça, no dia 9 de agosto do ano passado, Kelli conta que não esperava toda a aceitação.

“Uns três meses depois, muita gente ‘vendia a Fé’. Eu vi algumas pessoas usando a camisa na rua e cheguei a comentar com uma funcionária que já estavam nos copiando”, lembra.

No entanto, ela se diz bem tranquila em relação às reproduções não autorizadas.

“Não me incomodo. Concorrência não me assusta. Espaço tem para todo mundo e o público escolhe de quem comprar”, afirma.

Sobre o crédito da criação, a estilista diz que o intuito não é aparecer. Além disso, Kelli alega que as exigências para patentear a peça são muito demoradas e burocráticas.

“Não tenho objetivo de aparecer, mas de levar o amor de Deus para as pessoas. Nossas peças levam histórias de santos e orações”, diz. Em se tratando de vendas, ela conta que não esperava tanto sucesso.

“Quando criei, nunca imaginei que teria esse sucesso todo. Que ia pegar da forma como pegou. Nunca imaginei que seria esse ‘boom'”, diz.

LUCRO

A partir da cruz, que segundo Kelli é o símbolo cristão que representa o amor, a estampa deu lucro.

No site da Ruah, a camiseta “Fé Cruz” custa R$78,80. “Quem vende a camiseta por aí a R$29,90, por exemplo, deve ganhar mais dinheiro que eu. Eu não tenho o menor preço, mas vendo produtos de qualidade. Não tenho preço popular e a cultura no Brasil é comprar barato. Acho que os lucros financeiros do trabalho vêm com o tempo”, afirma.

Kelli é responsável pela criação das peças. Quanto à fabricação, o trabalho é desenvolvido em São Paulo.

“Desenvolvemos estampa e modelagem, mas não fabricamos os produtos. A confecção é terceirizada”, informa. Inclusive, a estilista conta que em Americana conta com a colaboração de estamparia. “Em Americana, tenho pareceria com designers e estamparia. Também tenho o apoio de colaboradores de Campinas”, diz.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This