Home VariedadesMili e Uma Dicas O que fazer para não surtar nas redes sociais

O que fazer para não surtar nas redes sociais

by Mili Anjos

Em tempos de coronavírus, o melhor que podemos fazer é ficar em casa, sair das ruas e evitar o contato humano. Como você tem aproveitado este tempo? 

Atualizando a lista de livros ou séries (amo)? Vai dar aquela organizada nas suas coisas? Ou ficar mergulhada nas redes sociais? 

Confesso que mal vejo os posts, a minha parte preferida são os comentários. A sensação que tenho quando vejo a timeline é que todos têm razão e ninguém concorda com ninguém. Um monte de gente cheia de opinião apontado o dedo uns para os outros. 

Isso sem falar na “perfeição” explícita que todos, menos eu, vivemos. Eu conheço muita gente que fica extremamente ansiosa por conta das redes sociais. E meu conselho sempre é: rede social não é vida real. Tudo e todos estão usando seu melhor filtro. 

Amo ser jornalista, sempre amei poder ter voz e me expressar, por isso fui estudar e aprender como fazer da melhor forma o meu ofício, mas hoje todos têm seu palanque, seu próprio meio de comunicação. 

As redes sociais trouxeram essa democracia da informação, da externalização, mas não acompanharam a nossa capacidade de adquirir responsabilidade para lidar com tamanha liberdade. 

Então se algum @ anda postando coisas que você não concorda, deixe de segui-lo, busque usar as redes sociais como entretenimento, e não como ringue. Acompanhe pessoas que são leves para a sua vida. 

Sem sombra de dúvidas as redes sociais aproximaram as pessoas. Além disso, elas tam

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest

bém proporcionaram inúmeras divergências e divisões entre amigos, que chegam a romper por isso. Cuidado! 

Em tempos de confinamento obrigatório, lembre-se de não brigar por tudo. Se as ideias discutidas em uma página te irritam, pare de segui-la.

Não seja uma pessoa esquentadinha e não discuta nas redes sociais. Não se esqueça que WhatsApp é uma rede social, hein. Além disso, é mais sábio esperar a poeira baixar e os ânimos acalmarem para emitir uma opinião sobre um determinado assunto. 

Às vezes romper uma “amizade virtual” pode ser complicado, contudo, para evitar aborrecimentos maiores, é válido tirar o “amigo” do “feed”.  

Cuidado com as ideologias políticas. As últimas eleições foram responsáveis pelo “fim” de muitas amizades. A melhor coisa a ser feita é separar o amigo da “ideologia” dele, porque se levar ao pé da letra as divergências no campo da política, a quebra de relacionamento será inevitável.  

E aproveite este tempo em casa para se reorganizar e repensar a sua vida. Em tempos difíceis como este, saiba que isso também vai passar.  

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest

Tudo no universo é dinâmico e está em constante mudança. Quando passamos por uma situação difícil, costumamos pensar que ela durará para sempre. Mas isso não é assim.  

Às vezes, você simplesmente precisa esperar um pouco e deixar que as coisas voltem para o seu lugar. Se fizermos a nossa parte, esta pandemia irá passar o mais breve possível.  

Com amor, Mili Anjos  

#oSEUmelhor 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This