Home Cidades Omar diz que paga o mês e deixa milhões em caixa

Omar diz que paga o mês e deixa milhões em caixa

Na Câmara, prefeito promete quitar salário de dezembro ainda este ano
by Pedro Heiderich

O prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), prometeu pagar a folha salarial de dezembro da prefeitura dentro do seu mandato e disse que vai deixar o Executivo com saldo de R$ 50 milhões no caixa. A declaração foi dada durante a sessão da Câmara de ontem, a última do ano e da atual legislatura.

Omar e o prefeito eleito, Chico Sardelli (PV), foram convidados pelo presidente da Casa, Luiz da Rodaben (Cidadania), que agradeceu os dois e homenageou Omar com uma placa. Vereadores e Chico agradeceram Omar pelos seis anos no comando da prefeitura. O prefeito agradeceu a todos e prometeu deixar o cargo com os pagamentos em dia.

“Vamos pagar a folha de pagamento de dezembro, Chico vai entrar com saldo bancário de aproximadamente R$ 50 milhões no caixa da prefeitura. No DAE (Departamento de Água e Esgoto) de R$ 40 milhões e no Ameriprev de R$ 100 milhões, que a prefeitura teve que assumir R$ 250 milhões de dívidas que já pagamos pelo menos 40 parcelas”, afirmou.

Omar agradeceu Rodaben e Alfredo Ondas (MDB), que foi presidente da Câmara no primeiro biênio da Legislatura, e estendeu o agradecimento a todos os vereadores.

“Tivemos divergências, mas sempre com a maior boa vontade e transparência. Feliz pelas palavras de pessoas que entenderam minha posição. Às vezes fui duro, reconheço, mas não tinha outra saída”, iniciou.

“O Padre Sérgio sempre brigando comigo por causa dos funcionários, mas não tinha dinheiro nem para pagar eles. Nem o senhor rezando dia e noite ia conseguir este milagre. Respeito a posição de oposição, fez sua obrigação”, destacou. “Mais importante é a nossa cidade. Sei da vontade e luta do Chico e do Odir (Demarchi, vereador e vice-prefeito eleito) para fazer Americana melhor”, disse Omar.

O prefeito afirmou que Chico e Odir, junto com o Legislativo, terão sucesso e que vai torcer muito. “Tenho muito trabalho pela frente, infelizmente vamos passar por situações desagradáveis, que Deus nos ajude”, disse.

Omar lembrou que quando assumiu a prefeitura, tinha dívida de R$ 9 milhões com a CPFL Paulista.

“As pessoas lembram da situação do lixo nessa época, mas quando assumi não pagavam a energia elétrica da captação de água. Tive que negociar os 9 milhões. O lixo era muito importante, mas imagine a água, não teria condições, só se arrumasse gerador. Me admira um prefeito deixar uma dívida daquela”, criticou.

Omar disse ainda que errou em alguns momentos e que “dá a mão à palmatória”, mas o que não fez foi porque não tinha dinheiro para fazer.

Ele finalizou dirigindo-se a Chico. “É hora de pensar no futuro. Não vou pintar para você que vai ser fácil porque não vai. Se Deus quiser vamos vencer. O povo trabalhador, com a ajuda de todos, chegaremos lá, para proporcionar uma cidade melhor para os filhos e netos”, disse.

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This