Home Cidades Polêmico projeto de venda de área ao DAE volta à pauta

Polêmico projeto de venda de área ao DAE volta à pauta

Com o departamento no centro das discussões de candidatos, vereadores analisam proposta do Executivo
by Leon Botão

O polêmico projeto que visa autorizar a venda de uma área da Prefeitura de Americana para o DAE (Departamento de Água e Esgoto) do município para construção de um “reservatório pulmão” será novamente discutido pelos parlamentares ontem. Na semana passada, a matéria foi alvo de duras críticas por parte de alguns vereadores antes do pedido de adiamento.

O “reservatório pulmão” tem a previsão de armazenar até 10 milhões de litros de água para reforçar o abastecimento nos períodos de estiagem. Mas para ser construído, é preciso que o DAE adquira um terreno da prefeitura na região do Cordenonsi, avaliado em R$ 6 milhões. A compra, entretanto, precisa de autorização da Câmara.

Na semana passada, ao ser colocado em discussão, o projeto causou polêmica na sessão. Vários vereadores criticaram o projeto, principalmente o vereador Gualter Amado (Republicanos) e a vereadora e candidata a prefeita Maria Giovana Fortunato (PDT).

A dupla disse que o projeto era motivo de vergonha e que a prefeitura estaria adotando tal medida para receber recursos do DAE para usar em outras áreas do município. Após embates, o vereador Thiago Brochi (PSDB) pediu vistas da matéria, que volta à pauta hoje.

No mesmo dia, em entrevista coletiva, o prefeito Omar Najar (MDB) rebateu as críticas ao projeto, dizendo que tanto DAE quanto prefeitura têm situações econômicas estáveis e que não há necessidade de remanejar valores.

Ele defendeu que o projeto visa alienar a área para o DAE, citando que a autarquia tem poucos patrimônios como o que seria alienado, e que tal alienação é necessária para construir o reservatório.

Com os ânimos acirrados por conta da reta final da campanha eleitoral, e com o DAE no cerne de discussões dos parlamentares que disputam a prefeitura, o embate acerca do projeto deve, novamente, motivar discussões acaloradas.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This