Home Brasil + Mundo Polícia investiga desvio de vacinas e desrespeito a prioridades no Rio

Polícia investiga desvio de vacinas e desrespeito a prioridades no Rio

A Polícia Civil do Rio de Janeiro vai apurar denúncias documentadas apresentadas pelo Coren-RJ de desrespeito a prioridades por profissionais da categoria na vacinação contra a Covid-19 no estado
by Agência Brasil
A Polícia Civil do Rio de Janeiro vai apurar denúncias documentadas apresentadas pelo Coren-RJ (Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro) de desrespeito a prioridades por profissionais da categoria na vacinação contra a Covid-19 no estado.
Em reunião com o delegado Thales Nogueira, os inspetores Rafael Ferreira e Carlos Guerra; a presidente do Coren-RJ, Lilian Behring, a vice-presidente, Ellen Peres e a procuradora Fábia Souza informaram casos de desvio de vacinas, que acabam beneficiando os “fura-filas”.
As denúncias, registradas em todo o estado do Rio, vão servir de base para as investigações.
Lilian Behring, presidente do Coren-RJ, diz que enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem estariam sendo preteridos por outros grupos na hora da vacinação.
Ela disse que, em 24 horas após o início da vacinação, o conselho recebeu denúncias em quase metade dos municípios do estado, o que a levou a montar uma força-tarefa para apurar as ocorrências.
As denúncias vão desde desvio de vacinas às furadas de fila por autoridades que levam a família para se imunizar.
Lilian destacou que os profissionais passam também por coação e recebem ameaças, sem condição de reagir. Por causa das investigações, não se pode revelar o número de denúncias já registradas, que aumenta a cada dia, nem as regiões, os nomes e onde trabalham os profissionais, ressaltou Lílian.

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This