Home Cidades Prefeitura demole estrutura do coreto

Prefeitura demole estrutura do coreto

A estrutura foi devastada por um incêndio em julho
by Rogério Verzignasse

Servidores públicos demoliram, na manhã desta terça-feira (29), o pouco que restava da estrutura do coreto da Praça Marcílio Frezzarim, em Americana, devastada por um incêndio em julho. Continua no centro do canteiro o piso de cimento do equipamento, onde a banda se apresentava.

Depois que as chamas se apagaram, ainda havia no coreto o gradil de ferro lateral, os caibros chamuscados e os delicados ornamentos em metal trabalhado, que circulavam a base do antigo forro. Tudo foi para o chão com os movimentos de uma retroescavadeira que, cedinho, já trabalhava na praça.

A população do bairro perde um equipamento de lazer belíssimo, inaugurado há quase quatro décadas. A prefeitura ainda não se manifestou sobre o tema. Não se sabe se um novo telhado será instalado, ou se a própria base de concreto será removida nos próximos dias.

Para os bombeiros que atenderam à ocorrência, o vandalismo condenou o coreto. Mas o incêndio pode esconder um crime ainda maior. Segundo os próprios vizinhos, o fogo pode ter sido causado com o objetivo de espantar, da praça, pessoas em situação de rua que se abrigavam por lá.

Há bastante tempo os moradores do bairro Frezzarin reclamavam do abandono do coreto, que no passado foi usado para apresentações da banda municipal, ou para missas especiais (como a de Corpus Christi), celebradas pelo saudoso padre Isaías Batistella, da Paróquia do Senhor Bom Jesus.

ENCONTROS

Houve um tempo – até a década de 90 – em que as alamedas ao redor do coreto eram ponto de encontro da população, e a garotada corria por todo lado. Os eventos rarearam com o tempo, até que o coreto se tornasse reduto de mendigos e – não raras vezes – de usuários de drogas.

A praça belíssima de antes acabou virando reduto de grupos excluídos, o que acabou afastando os frequentadores antigos.

Os moradores do entorno, hoje, preferem ficar dentro de casa, protegidos por grades, e pouca gente se aventura a prosear nos bancos da praça. À noite, o cenário é assustador. Com medo dos frequentadores de hoje, o povo é reservado. Todo mundo olhava de longe a movimentação dos tratores. Eram olhares perdidos, saudosos de um tempo que não volta mais.

 

Prefeitura vai acionar homem por vandalismo

A Prefeitura de Americana deve adotar as medidas legais contra um homem que destruiu um banco na Praça da Matriz Velha de Santo Antônio, na Rua Capitão Corrêa Pacheco, no Centro. O caso ocorreu nesta segunda-feira (28).

A Guarda Municipal de Americana prendeu um homem de 36 anos em flagrante porque quebrou o banco da praça, na madrugada desta segunda.

Os patrulheiros viram toda a ação atrás do sistema de videomonitoramento instalado na região central. Por isso, os patrulheiros começaram a fazer buscas e localizaram o vândalo na Avenida Doutor Antonio Lobo, próximo ao terminal urbano. Ele foi conduzido até a Central Judiciária.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This