Home Cidades Prefeitura fecha o cerco e autua casas de show

Prefeitura fecha o cerco e autua casas de show

Três foram multadas; Administração afirma que fiscalização vai aumentar
by Pedro Heiderich

A Prefeitura de Americana autuou três casas de show da cidade e anunciou que vai intensificar as fiscalizações de bares e festas para coibir aglomerações.

O Executivo informou em 14 de janeiro que a Vigilância Sanitária notificou três proprietários de casas de show a comparecerem na unidade para “ultimato”: se não atendessem as normas, os locais serão lacrados.

As três casas de shows ficam no Jardim Girassol, Vila Bertini e Werner Plass. O TODODIA questionou o nome dos locais, mas não houve resposta.

No último final de semana, uma festa foi encerrada no Werner Plass, no Royal Garden (leia texto abaixo).

O Executivo informou na última quarta-feira (20) que “os três locais foram autuados e os respectivos processos seguem em trâmite administrativo pela Vigilância Sanitária”. O valor das multas não foi informado.

Segundo a prefeitura, os proprietários compareceram à Unidade da Vigilância em Saúde, “para assinatura do auto de infração e as orientações sobre possíveis penalidades previstas no caso de descumprimento das normas estabelecidas em razão da pandemia”.

A informação foi revelada pelo Executivo depois de a reportagem questionar a respeito da possibilidade de cassar alvará de estabelecimentos comerciais que forem flagrados com aglomeração ou descumprindo normas sanitárias da pandemia.

A Prefeitura de Campinas adotou essa medida. Em dezembro, ainda na gestão Omar Najar (MDB), a prefeitura disse que estudava a possibilidade.

“Também serão intensificadas as vistorias de rotina para averiguar sobre o funcionamento irregular dos estabelecimentos em geral”, informou a prefeitura, em nota.

Três grandes aglomerações foram registradas

Na madrugada do último domingo (17), a PM (Polícia Militar) interrompeu uma festa com aproximadamente 400 pessoas no Royal Garden, na Rua Salvador, no Werner Plaas.

A reportagem questionou a prefeitura se o espaço de eventos é o mesmo que foi notificado, mas não obteve retorno. Também foi questionado o valor da multa, sem resposta.

Segundo a PM, veículos e som alto atraíram atenção dos policiais. Ao adentrar o local, os militares constataram aglomeração de pessoas sem máscaras.

O evento foi encerrado e o responsável foi qualificado, aponta a PM, em boletim de ocorrência, pelo descumprimento de decreto estadual. O registro policial foi encaminhado para Polícia Civil e prefeitura para medidas administrativas.

A prefeitura recebeu o boletim de ocorrência e informou que “está tomando as providências legais cabíveis”.

OUTROS CASOS

No fim de semana após o Natal, no domingo dia 27 de dezembro, um espaço de eventos foi autuado pela segunda vez por promover festa irregular em Americana.

Cerca de 500 jovens estavam no local, às margens da Rodovia Anhanguera. A Gama (Guarda Municipal de Americana) dispersou a aglomeração e levou o organizador à CPJ (Central de Polícia Judiciária), onde foi registrado boletim de ocorrência.

A reportagem do TODODIA acompanhou a operação da Gama, que aconteceu por volta das 3h. Muitos carros estavam estacionados do lado de fora do espaço, que fica na Vila Bertini. Dentro do estabelecimento, jovens faziam uso de bebidas alcoólicas e sem máscaras de proteção. Segundo os agentes, cerca de 500 pessoas estavam dentro do espaço.

O estabelecimento foi autuado por descumprimento às medidas de prevenção à Covid-19, realização de balada com aglomeração e falta de uso de máscaras.

O estabelecimento já havia sido interditado e autuado anteriormente.

Antes de a Gama encerrar a festa na chácara, fiscais da Vigilância Sanitária estadual haviam encerrado uma festa que acontecia numa boate na região da Praia Azul, com 250 pessoas.

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This