Home Brasil + Mundo Propostas de Jair Bolsonaro podem causar danos, segundo 47 organizações dos EUA

Propostas de Jair Bolsonaro podem causar danos, segundo 47 organizações dos EUA

Preocupações, que foram manifestadas em carta, falam sobre ameaça à democracia, aos direitos humanos e ao meio ambiente”
by Folhapress

Propostas do governo de Jair Bolsonaro (PSL) são vistas com receio por quase 50 organizações da sociedade civil dos Estados Unidos, que temem que os danos provocados sejam de amplo alcance e duradouros para comunidades brasileiras e ao meio ambiente.

As preocupações são manifestadas, em carta, por 47 instituições, entre elas entidades como Brazilian Studies Association (Brasa), Amazon Watch e Friends of the Earth U.S., além de outras de defesa do meio ambiente, dos direitos de trabalhadores e de mulheres.
A carta acaba de ser publicada no site da organização ambiental Friends of the Earth U.S.

No documento, as entidades afirmam que o objetivo é expressar “profunda preocupação” com as posições sustentadas pelo presidente eleito que “representam uma ameaça séria à democracia, aos direitos humanos e ao meio ambiente”.

As entidades citam o “discurso de ódio” de Bolsonaro, dirigido a negros, gays e mulheres. Lembram ainda a defesa que o presidente eleito fez da ditadura militar -em especial declarações de que a ditadura deveria ter matado mais pessoas– e afirmações sobre exílio forçado e prisões de ativistas de esquerda.

Sobre isso, criticam o fato de o presidente eleito ter descrito membros do MTST como “terroristas” e destacam o assassinato de dois integrantes do grupo em dezembro por homens mascarados.

“Além desses repulsivos ataques verbais, nós estamos particularmente preocupados com algumas propostas políticas de Bolsonaro que, se implementadas, podem infligir danos de amplo alcance e duradouros a comunidades brasileiras e ao meio ambiente.”

ÍNDIOS

Os direitos de povos indígenas também são vistos com preocupação pelas organizações. Recentemente, o presidente eleito defendeu a exploração “de forma racional” da terra indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima.

Para Christian Poirier, diretor da Amazon Watch, a eleição de Bolsonaro representa “uma crise para os direitos humanos, para a floresta amazônica e para o nosso clima global”.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This