Home Cidades Rebaixamento na represa Salto Grande é suspenso a pedido de Sumaré

Rebaixamento na represa Salto Grande é suspenso a pedido de Sumaré

Após solicitação da prefeitura, que teme ter abastecimento afetado, CPFL suspende ação contra aguapés
by Rogério Verzignasse

O projeto que prevê o rebaixamento do nível da Represa do Salto Grande nem começou e já foi suspenso. O objetivo da ação é reduzir a quantidade de aguapés, problema de décadas na represa. 

A CPFL Renováveis, responsável pela administração da usina e controle da barragem, informou ontem que a suspensão dos trabalhos aconteceu após solicitação da Prefeitura de Sumaré. 

“Visando alguns ajustes finais e definições envolvendo o projeto será necessário prorrogar o início do rebaixamento do reservatório. A nova data prevista para realização da operação será informada assim que definida”, explicou a empresa. 

Sumaré teme ter o abastecimento prejudicado devido à obra. A cidade depende das águas do Rio Atibaia para abastecimento de 70% da população. As águas das represas do Marcelo, Horto I e Horto atendem aos 30% restantes. 

A CPFL Renováveis explicou em reunião com o prefeito de Sumaré, Luiz Dalben (Cidadania), durante a semana que a operação não representa qualquer ameaça ao abastecimento de qualquer cidade à montante. 

REBAIXAMENTO 

A operação suspensa é o chamado “deplecionamento” da represa.  Com o nível rebaixado em até dois metros, as plantas aquáticas vão passar por um processo de desidratação e vão desaparecer. 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This