Home Cidades Região já tem doses para Educação

Região já tem doses para Educação

Carregamento que chegou ontem já conta com imunizantes para este público, cuja vacinação começa segunda
by Leon Botão

As cidades da região receberam ontem mais um lote da vacina contra a Covid-19 CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan. Parte deste total de doses já foi confirmado pelas prefeituras de Americana, Nova Odessa e Sumaré como destinado aos profissionais da área da Educação, que entram na campanha de imunização na próxima segunda-feira (12). As novas doses também vão permitir o avanço da vacinação de idosos.

Conforme divulgação das prefeituras, Americana recebeu 6 mil doses do imunizante, sendo 4.120 para segunda dose de idosos com 72 anos ou mais e 1.880 para primeira dose de profissionais da Educação; Nova Odessa recebeu 400 doses, todas para a Educação; Sumaré recebeu 5.130 doses, sendo 1.690 para professores e idosos acima de 68 anos e 3.440 para segunda dose de idosos acima de 72 anos.

Santa Bárbara recebeu 4.300 doses, mas não especificou o público-alvo. Hortolândia não confirmou o recebimento de mais doses.

A Secretaria de Saúde de Americana abriu o agendamento no site www.saudeamericana.com.br, tanto para a segunda dose em idosos acima de 72 anos como para a primeira dose para os que tiverem 68 anos ou mais.

Além disso, o drive-thru da Avenida De Cillo vai funcionar, ontem, no esquema de livre demanda, ou seja, sem necessidade de agendamento, para aplicação da segunda dose em pessoas com mais de 72 anos e de profissionais de saúde. O posto móvel de vacinação funcionará das 8h30 às 16h.

Quanto aos profissionais da Educação, a Vigilância Epidemiológica ainda não definiu a estratégia de vacinação.

Neste primeiro momento, serão vacinados professores e trabalhadores de apoio das redes municipal, estadual, federal e privada com mais de 47 anos.

A orientação é para os profissionais da Educação se cadastrarem no site vacineja.sp.gov/educacao, preenchendo os dados com CPF, nome completo e e-mail.

Em seguida, o inscrito receberá um link, necessário para validar e dar continuidade ao processo. O passo seguinte é confirmar os dados pessoais, informar o nome da escola, à qual rede de ensino pertence e anexar os holerites de janeiro e fevereiro.

O cadastro é analisado e, se aprovado, o profissional recebe um e-mail com o comprovante VacineJáEducacao, que possui um QR Code que atesta sua autenticidade. No ato da vacinação, deve-se apresentar esse comprovante juntamente com o CPF e o RG.

Sugestões

Deixe um comentário




Enter Captcha Here :

Pin It on Pinterest

Share This