Home Cidades Região tem recorde de mortes por Covid-19 em um só dia: 17

Região tem recorde de mortes por Covid-19 em um só dia: 17

Foram sete óbitos em Sumaré, quatro em Americana, três em Hortolândia e três em Santa Bárbara
by Pedro Heiderich

A região teve nesta terça-feira (21) um novo recorde de mortes em 24 horas por Covid-19. O recorde era de 8 de julho, com 14 mortes. Desta vez foram 17, sendo sete em Sumaré, quatro em Americana, três em Hortolândia e três em Santa Bárbara. Com mais 524 casos, agora são 6.047 infectados e 283 mortes. A região ainda investiga 38 mortes. 

Sumaré também registrou mais 97 casos. Agora são 1.678 registros, com 93 óbitos e 49 internados, além de 1.517 casos suspeitos, com 84 internados e 20 óbitos. 

As vítimas morreram entre sábado (18) e terça (21). Três estavam internadas no Hospital Estadual Sumaré: uma mulher de 69 anos, um homem de 58 anos e um homem de 69 anos, este último com comorbidade. 

Uma mulher de 87 anos estava internada na UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) Macarenko. Também faleceram, todos com comorbidades, um homem de 68 anos, que estava no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), na Capital; uma mulher de 77 anos que estava no Hospital Samaritano, em Campinas; e um homem de 72 anos, que estava no Hospital São Francisco, em Americana. 

Os quatro óbitos em Americana ocorreram entre 8 e 10 de julho. São eles um idoso de 75 anos, do São Domingos, e uma idosa de 70, do Cariobinha, que faleceram no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi; uma idosa de 94 anos, do Centro, em hospital particular; e um homem de 64 anos, do Jardim Brasil, em hospital particular de Campinas. 

Segundo a prefeitura, por determinação do governo do Estado, laboratórios particulares e farmácias passaram a fazer o registro dos exames realizados por meio do e-SUS Notifica, com a inclusão de todos que foram feitos desde o início da pandemia. 

Em razão disso, Americana teve 251 casos registrados que ocorreram antes do dia 16 de julho e mais 109, que foram feitos até esta data. 

Agora são 1.469 casos (58 óbitos, 13 internados) e 310 suspeitas (seis óbitos e 40 internados). A ocupação de leitos de Covid-19 em Americana é de 65% com respiradores (de 57 no total, 37 estão ocupados) e de 70% sem respiradores (de 63 no total, 44 estão ocupados). 

Santa Bárbara registrou quatro mortes e 29 casos. Agora são 1.474 infectados e 51 mortes. Segundo a prefeitura, o óbito de um homem de 34 anos, em 1° de julho, que cumpria pena em presídio em Sorocaba, foi reclassificado pelo governo para morte suspeita. 

As vítimas morreram entre segunda (20) e terça (21). São três mulheres: uma de 19 anos, da região central, uma de 40, do Jardim das Orquídeas; e outra de 49, do Jardim Europa. Completa a lista um homem de 71 anos, do Nova Conquista. Santa Bárbara tem 900 casos suspeitos (cinco óbitos). 

Além das três mortes, Hortolândia teve mais 23 casos. Agora são 1.150 infectados, com 58 mortes e 26 internados, 22 deles em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). São investigados 628 casos, com 72 internados, sendo 20 em UTI. As três vítimas tinham comorbidades. 

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest

Boletim de Covid-19 (Divulgação | Prefeitura de Hortolândia)

Uma mulher de 53 anos morreu no dia 9 de julho. Ela estava internada no Hospital de Clínicas da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) desde 20 de junho, quando foi atendida na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia e transferida para o hospital de Campinas. No domingo (19), morreu um homem de 65 anos e, na segunda (20), um de 66. Ambos estavam internados no Hospital Estadual Sumaré. Nove dos dez leitos de UTI do Hospital Municipal Mário Covas estão ocupados. 

Campinas registrou 337 casos e 25 mortes e tem 13.801 infectados e 568 óbitos. Limeira teve mais 176 casos e quatro mortes, indo a 4.151 casos e 124 óbitos. Piracicaba mais 136 casos e quatro óbitos, com o total de 6.102 casos e 164 mortes. 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This