Home Destaque Rio Branco está mais preparado para o acesso, diz Bernardi

Rio Branco está mais preparado para o acesso, diz Bernardi

Em entrevista ao TodoDia, novo diretor executivo do clube fala sobre os planos e perspectivas para 2020
by CT Press

Nomeado pelo vice-presidente de futebol do Rio Branco, Éder Duarte, como o novo diretor executivo do clube, o ex-jogador Tiago Bernardi, que em 2019 exerceu a função de gerente, acredita que o Tigre chegará mais pronto para disputar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, a Bezinha, deste ano, e consequentemente, mais forte para buscar o acesso, que ficou próximo com o 5º lugar da competição na temporada passada. 

“Quando entramos queríamos dar uma estabilidade maior para o clube, corrigir algumas coisas pendentes, como resolver os laudos do estádio, enfim, estruturar o Rio Branco para, depois, fazer um futebol bem feito. E foi isso que aconteceu no ano passado. Agora, estamos melhor estruturados para buscar o acesso”, comentou o dirigente em entrevista ao TODODIA. 

Bernardi ressalta que a saúde financeira do clube foi prioridade em 2019. “Quando chega na hora de brigar para subir tem que ter um aporte financeiro para contratações mais ‘pesadas’. Nós optamos por priorizar os pagamentos, que saíram de 15 em 15 dias, até para mostrar aos patrocinadores que eles estavam investindo em algo sério, e mesmo assim batemos na trave”, apontou. 

O cartola traz as perspectivas para a temporada deste ano. “A expectativa é muito melhor, os apoiadores já estão sinalizando que vão permanecer, o que mostra que o trabalho foi bem feito. E conseguir um pouco mais de recursos para vir mais forte em termos de contratações. Tudo tem o momento certo e eu acho que estamos muito mais preparados esse ano”, avaliou. 

Prioridade de momento no clube, a contratação do novo técnico deve ser sacramentada até o fim desta semana. “Vamos sentar, temos vários nomes em pauta, dentre eles, o Campagnollo (técnico do Tigre em 2019), que já passou por aqui e conhecemos o trabalho, e escolher a melhor opção. Acredito que até o final desta semana teremos uma definição”, disse. 

Além de Bernardi como executivo, a nova equipe que comandará o Rio Branco na missão de levar a equipe ao acesso, escolhida pelo vice de futebol, Éder Duarte, conta com Juninho Ferrari como gerente; Luis Guilherme Gallo, diretor para a captação de recursos; e Rafael Panhoca, adjunto na mesma função. 

“Eu procurei dimensionar a área de atuação de cada um. O Juninho vai ficar mais na parte do dia a dia, na ligação com os atletas, e subordinado ao Bernardi, que ficará mais na montagem do time, na escolha do treinador e na organização de toda a parte do futebol”, explicou Duarte. 

“Com relação ao Sandro Hiroshi, o Dado Salau e o Aquiles Kílaris, embora eu até tenha os convidado para assumir um cargo diretivo, eles preferiram continuar como apoiadores e vão nos ajudar muito também”, concluiu o vice de futebol do Tigre. 

CAMPAGNOLLO 

Citado por Bernardi, Marcos Campagnollo afirmou à reportagem que não foi procurado oficialmente para um retorno ao Rio Branco. “De oficial não teve nada, eu tenho acompanhado pelos comentários nas redes sociais, mas não me procuraram. Fizemos uma boa campanha, quase chegamos ao acesso, e nada melhor que dar sequência, mas não houve qualquer contato”, frisou. 

“Sei que, pelo Bernardi, meu nome está em pauta, sei também que os demais diretores trabalham com outras possibilidades. Seria um prazer e uma satisfação enorme voltar a trabalhar em Americana, mas vamos aguardar. A situação é essa”, completou o treinador. 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This