Home Cidades Saúde mental e bucal tem projetos premiados

Saúde mental e bucal tem projetos premiados

O objetivo da premiação é evidenciar estratégias inovadoras elaboradas para organizar os serviços de saúde para atender a população durante a pandemia de Covid-19
by Da Redação

Os departamentos de Saúde Mental e de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde de Sumaré tiveram quatro projetos reconhecidos pelo Prêmio APS (Atenção Primária à Saúde) Forte Para o SUS, desenvolvido pelo Ministério da Saúde e Opas/OMS (Organização Pan-americana da Saúde da Organização Mundial da Saúde no Brasil). A informação é da prefeitura.

O objetivo da premiação é evidenciar estratégias inovadoras elaboradas para organizar os serviços de saúde para atender a população durante a pandemia de Covid-19.

O Departamento de Saúde Bucal teve premiados os projetos “Prevenção em Saúde Bucal para crianças em Sumaré, em tempos de pandemia da Covid-19” e “Atenção em Saúde Bucal para as gestantes de Sumaré, no período da pandemia de Covid-19”.

O projeto voltado para o público infantil foi realizado por meio de dois vídeos educativos, cujo objetivo é motivar os pequenos sumareenses para os hábitos de higiene bucal neste período de pandemia.

O conteúdo foi divulgado para as 300 famílias vinculadas ao programa “Criança Feliz”, 320 alunos da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e alunos da Rede Municipal de Ensino. O projeto foi elaborado pelos colaboradores Edileni Pedroni Barel, Roseli Melo e Celia Cristina Lima, sob coordenação da dentista Cristina Slateff Baldini.

O projeto voltado para as gestantes foi desenvolvido a partir de teleorientações, tanto sobre dieta quanto higiene bucal, realizadas por dentistas da rede pública, com o objetivo de motivar para o autocuidado das gestantes assistidas pelas Unidades Básicas do município. A autoria e coordenação foi de Cristina Slateff Baldini.

SAÚDE MENTAL

O Departamento de Saúde Mental da Prefeitura de Sumaré também teve dois projetos premiados, coordenados pela psicóloga do Nasf (Nucleo de Apoio à Saúde da Família), Roseli Melo.

Com o título “Monitorar é também humanizar o cuidado, para além de como vai você?”, um deles abordou a experiência da equipe multidisciplinar no monitoramento remoto aos familiares e pacientes suspeitos ou confirmados da Covid-19.

Já no projeto “Saúde Mental na Atenção Primária: Novos Caminhos para o cuidado”, a equipe explanou o atendimento remoto feito por parte dos psicólogos da Atenção Básica aos usuários que apresentam sintomas emocionais desencadeados pela pandemia

Os quatro projetos sumareenses premiados estão disponíveis para consulta pública no site do Prêmio APS Forte, no link https://apsredes.org/aps-forte-sus-no-combate-a-pandemia/.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This