Guarani já faz as contas para o acesso

Time campineiro precisa faturar 37, ou seja, um aproveitamento de 53,62%

0 7

ELIAS AREDES | CAMPINAS

Após vitória sobre o Coritiba anteontem, no estádio Brinco de Ouro, a comissão técnica e os jogadores do Guarani começam a fazer contas em relação às possibilidades de lutar efetivamente pelo acesso à divisão principal do futebol brasileiro. Atualmente com 23 pontos e provisoriamente no G-4, o Alviverde sabe que o caminho é árduo.

De acordo com estudos do departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais, o patamar mínimo para se buscar o acesso é de 60 pontos, em que a equipe teria 95,24% de possibilidades. A pontuação que garantiria a vaga seria a de 68 pontos.

No atual quadro, nos 23 jogos restantes, dos 69 pontos que iria disputar, o Guarani terá que faturar 37, ou seja, um aproveitamento de 53,62%. Atualmente, o Guarani conquistou 51,1% dos pontos disputados na competição.

Para o técnico Umberto Louzer o time evoluiu, mas ainda há espaço para crescimento. “Acredito que foi a melhor partida nossa na competição. Aliamos performance e resultado contra uma equipe forte contra o Coritiba e nos portamos como time grande, fizemos uma boa partida, mas ainda temos muito a evoluir”, afirmou.

O próximo desafio será na terça-feira, contra o Figueirense, novamente no estádio Brinco de Ouro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.