Home Cidades Tecnologia ajuda a reduzir crimes contra o patrimônio

Tecnologia ajuda a reduzir crimes contra o patrimônio

Avaliação é do secretário Rômulo Gobbi; roubos em geral caíram 56% em setembro, segundo a SSP
by Claudete Campos

Os crimes contra o patrimônio voltaram a cair em setembro deste ano, em relação ao mesmo mês do ano passado, nas cinco cidades da região. Para o secretário de Segurança, Trânsito e Defesa Civil de Santa Bárbara d’Oeste, Rômulo Gobbi, isso se deve aos investimentos em tecnologia e também a este ano atípico, em razão dos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

As ocorrências de roubos em geral caíram 55,97% nas cinco cidades da região (de 268 para 118 casos), roubos de veículos, 61,03% (de 77 para 30) e furto de carros, 43,77% (de 249 ocorrências em setembro de 2019 para 140 mês passado). As estatísticas são da SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado de São Paulo e foram divulgadas nesta segunda-feira (26).

As tentativas de homicídio caíram 50% no mês analisado, de 8 casos, em 2019, para quatro, em 2020. Os estupros registraram queda de 66,6%, caindo de 21 ocorrências para sete, nos cinco municípios (Americana, Hortolândia, Nova Odessa, Santa Bárbara d´Oeste e Sumaré).

Em compensação, os homicídios aumentaram 200%, saltando de um caso, em setembro de 2019, para três em setembro de 2020, mas a quantidade é pequena em termos estatísticos (Confira os dados na tabela abaixo).

O secretário barbarense disse que todos reconhecem que esse foi um ano atípico, em todos os sentidos, por causa da pandemia do novo coronavírus, o que contribuiu para reduzir os indicadores de criminalidade.

“Mas não tenho dúvidas que os investimentos em tecnologia contribuíram para essa queda. A nossa central de monitoramento hoje tem mais de 20 monitores de televisão”, relatou Gobbi.

O secretário comentou que aumentou o número de câmeras de monitoramento em Santa Bárbara de 130 para 212 em pontos da área central, na Zona Leste e nos parques públicos, o que inibe a ação dos marginais e ajuda na elucidação de crimes. Essas câmeras já estão em operação.

INTEGRAÇÃO

A integração das operações policiais entre Guardas Municipais e Polícias Civil e Militar também são apontadas por Gobbi como fatores para reduzir a criminalidade. Recentemente, Santa Bárbara foi considerada uma das cidades mais seguras do Estado para o grupo com mais de 100 mil habitantes. Essa integração das forças policiais e o investimento em tecnologia também são apontados pelo diretor da Guarda Civil Municipal de Nova Odessa, Nilton Cesar Alves, como responsáveis pela queda dos indicadores criminais. Alves destacou também a importância do reforço no efetivo da corporação e os investimentos em viaturas, armas e equipamentos, para atingir o efeito esperado.

“Seguimos fazendo nosso trabalho com disciplina. Patrulhamos as ruas, monitoramos os limites do município com nosso sistema de câmeras e trocamos informações com as polícias Civil e Militar. O ostensivo e a inteligência caminham sempre juntos para que possamos nos antecipar e garantir a segurança da população”, afirmou.

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This