Terça, 18 Janeiro 2022
AcusaçõesPolítica

Bolsonaro volta a colocar eleições em xeque e, sem provas, diz que Aécio derrotou Dilma em 2014

Bolsonaro fez a defesa do voto auditável, reafirmou que apresentaria provas de que houve fraudes nas eleições de 2014 e 2018 e afirmou que, na disputa entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), foi o tucano quem venceu o pleito