PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Dólar cai abaixo de R$ 5,70 com ata do BC americano; Bolsa sobe 0,7%

Esta é a primeira vez que a cotação fecha abaixo de R$ 5,70 desde 5 de maio

A cotação do dólar comercial recuou 1,33%, a R$ 5,6840 nesta quarta-feira (20). Esta é a primeira vez que a cotação fecha abaixo de R$ 5,70 desde 5 de maio.

PUBLICIDADE

A moeda americana perdeu força com a ata da reunião do Fed, Banco Central americano, sinalizar a manutenção dos juros próximo de zero até que os Estados Unidos retomem o pleno emprego.

A autoridade também disse que o juros sobre depósitos seguirá reduzido. O Fed levantou ainda a possibilidade de um teto para o juro de curto longo prazo.

PUBLICIDADE

A manutenção de juros baixo é vista como fundamental para a economia, de modo a prover liquidez e crédito enquanto a atividade econômica não se recupera.

O Fed voltou a reforçar que vai agir “conforme apropriado para sustentar a economia” e sinalizou que novos estímulos ao mercado podem ser feitos.

Também contribuiu para o dia positivo nos mercados globais a reabertura dos Estados Unidos. Grandes empresas anunciaram que devem voltar aos escritórios em Nova York, como Credit Suisse e JP Morgan, após testes de coronavírus em todos os funcionários.

O Ibovespa fechou em alta de 0,71%, a 81.319 pontos, maior patamar desde 29 de abril. Nos EUA, Dow Jones subiu 1,5%, S&P, 1,7% e Nasdaq, 2%.

Na Bolsa brasileira, o destaque foi das aéreas Azul e Gol, que tiveram forte alta após ambas anunciarem aumento de voos para o mês de junho. A queda do dólar ante o real foi mais uma ajuda. Na esteira, CVC subiu 6,87%.

As ações preferenciais (mais negociadas) da Petrobras subiram 3,3% e e as ordinárias (com direito a voto) 3%, acompanhando a alta dos preços do petróleo no exterior.

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This