Home Destaque Valdir Ribeiro pode seguir à frente do Rio Branco

Valdir Ribeiro pode seguir à frente do Rio Branco

Documento que regulariza a ata das diretorias ainda não está pronto e, com isso, presidente continua mandato
by CT Press

Presidente do Rio Branco desde 2016, graças ao título de administrador provisório conseguido judicialmente, o sindicalista Valdir Ribeiro pode seguir à frente do Tigre, apesar de seu mandato, teoricamente, se encerrar no fim deste ano. Isso porque a eleição de diretoria, prevista inicialmente para acontecer em novembro, ainda não teve data definida pelo Conselho Deliberativo, o órgão máximo do clube. 

A indefinição se dá em função de o documento que regulariza a ata das últimas diretorias, o chamado ‘atão’, ainda não estar pronto. “Primeiro vamos tentar regularizar as atas, o que está encaminhado. Caso isso ocorra até o início de dezembro faremos as eleições. Lembrando que o campeonato é só em abril, mas quanto mais cedo melhor. Se o documento não sair aí tem que ver com os advogados do clube”, explicou Ronaldo Dutra da Silva, secretário do Conselho. 

O ‘atão’ foi protocolado no cartório de registro civil do município com a intenção de regularizar os três últimos mandatos presidenciais no clube, já que a última ata oficial foi na gestão de José Antônio Franzin, no biênio 2012/2013. Depois dele assumiram o cargo Marcelo de Barros Feola, o Téo, em 2014/2015, e Valdir Ribeiro da Silva, em 2016/2017 e reeleito para 2018/2019, que conseguiu judicialmente o título de administrador provisório do Tigre. 

O advogado do clube, Cláudio Bonaldo, fala a respeito da possibilidade da não realização das eleições e da continuidade de Ribeiro à frente do clube. “Vamos aguardar até o fim do mês para definir. Se as atas não ficarem prontas, fazer eleição é para respeitar o estatuto. Temos que ver se o melhor é eleger um representante sem o poder de assinatura ou seguir com o Valdir à frente do clube com o título de administrador provisório. É complicado falar o que vai ocorrer”, opinou. 

Em contato com o TODODIA, Ribeiro informou que a possibilidade colocada por Dutra e Bonaldo existe, mas contou também que na segunda-feira (18) a diretoria estará protocolando a ata no cartório e, sabendo o resultado, tomará uma posição. 

Ribeiro disse ainda que é necessário que a situação do administrador esteja em dia para não atrasar a preparação do clube para as disputas da Bezinha do ano que vem, afirmando que Sandro Hiroshi segue à frente do futebol. Ele fez questão de ressaltar que a definição é necessária para tudo que envolve o clube. 

Sugestões

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest

Share This