Bolinho de Chuva

Bolinho de Chuva. Foto: Reprodução

Bolinho de chuva é um clássico do lanche vespertino, com suco ou chá para as crianças e com café (com ou sem leite) para os mais crescidos, é daquelas receitas de coração, que cada um faz do seu jeitinho, como a avó, a tia ou a vizinha ensinaram –e claro, não há nada de errado nisso.

Apesar de a versão tradicional (que se acredita ter vindo, como tanto da confeitaria nacional, dos adocicados receituários portugueses) ser simples, apenas coberta com açúcar e canela, o bolinho de chuva pode ser também recheado: banana, maçã, goiabada e doce de leite de corte são algumas opções que ficam muito gostosas.

Para ficar perfeito, é preciso prestar atenção em dois pontos principais da receita. A massa não pode ser muito líquida, mas também não deve ser muito pesada, sob risco de comprometer a deliciosa textura fofíssima. Preste atenção às quantidades e, se precisar acertar algo, faça aos poucos. Além disso, o óleo para a fritura precisa ser quente, mas não tanto, sob pena de ter como resultado bolinhos dourados por fora e crus por dentro.

Bolinho de chuva

 

INGREDIENTES

•  2 ovos
•  1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo
•  3/4 xícara (chá) de leite
•  1 colher (chá) de essência de baunilha
•  2 colheres (sopa) de açúcar
•  1 colher (sopa) de fermento químico
•  Óleo para fritar
•  2 colheres (sopa) de açúcar
•  1 colher (chá) de canela em pó

MODO DE PREPARO

Em uma tigela, misture os ovos, o leite, o açúcar e a baunilha e bata bem. Acrescente a farinha até formar uma mistura semelhante à de um bolo. Deve ser cremosa e bem espessa. Adicione o fermento e misture; se quiser rechear, coloque cubos de banana, maçã, goiabada ou doce de leite de corte na tigela. Com uma colher de chá, pegue a massa. Se estiver com recheio, cubra levemente o cubo com a massa. Coloque as colheradas no óleo quente, até 5 por vez. Não despeje a massa de cima –procure encostar levemente a colher no óleo para que o bolinho fique mais redondo. Se achar que a massa está se espalhando pelo óleo, coloque um pouco mais de farinha. Cuidado com a temperatura do óleo; se os bolinhos estiverem ficando muito escuros, abaixe o fogo. Passe no açúcar com canela para servir.

Receita da colunista de gastronomia da Folha de S.Paulo, Juliana Ventura.

Related posts

Iogurte em vez de leite

American BBQ

Arroz ao leite de coco com legumes e ovo frito é prato no estilo PF, mas traz sabores diferentes